Colômbia declara emergência de saúde e suspende todos os eventos públicos

Arquivado em: América Latina, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 12 de março de 2020 as 14:05, por: CdB

A Colômbia declarou nesta quinta-feira emergência sanitária para conter o surto mundial de coronavírus, ao mesmo tempo em que determinou a suspensão de eventos públicos.

Por Redação, com Reuters – de Bogotá

A Colômbia declarou nesta quinta-feira emergência sanitária para conter o surto mundial de coronavírus, ao mesmo tempo em que determinou a suspensão de eventos públicos com mais de 500 pessoas e o trânsito de navios de cruzeiro pelos portos marítimos.

Colômbia declara emergência de saúde por coronavírus e suspende todos os eventos públicos
Colômbia declara emergência de saúde por coronavírus e suspende todos os eventos públicos

Até agora, as autoridades de saúde colombianas registraram nove casos de Covid-19, um surto que deixou 4.607 mortos e 124.518 infectados em 118 países, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, que na quarta-feira descreveu a doença como uma pandemia.

– Todos os eventos públicos de mais de 500 pessoas estão cancelados. Esses eventos devem ser evitados … a partir desta quinta-feira – disse o presidente Iván Duque a repórteres.

A emergência de saúde, que durará até 30 de maio, permite que o governo tome medidas rápidas e excepcionais para enfrentar situações especiais de saúde, como a alocação de recursos financeiros.

Duque também anunciou que, depois de conversar com as autoridades do futebol, foi decidido que as próximas rodadas da liga colombiana, a partir deste fim de semana, serão disputadas sem a presença da torcida.

– Teremos o torneio a portas fechadas e na televisão – disse o presidente.

Anteriormente, a Colômbia ordenou um isolamento preventivo de 14 dias para todos os cidadãos do país e estrangeiros que chegassem de China, Itália, Espanha e França.

Navios de cruzeiro

Duque afirmou que o governo também decidiu suspender o trânsito de navios de cruzeiro e o desembarque de turistas em seus portos, depois que uma mulher estrangeira que chegou à cidade de Cartagena teve teste positivo para o coronavírus.

Porém, o presidente descartou por enquanto a possibilidade de suspender aulas em colégios e universidades no país de 50 milhões de habitantes.

– No momento, as decisões de suspender aulas não foram contempladas – disse Duque, que já havia anunciado uma extensão dos prazos para pagamento de impostos às empresas do setor de turismo e aviação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *