Colonos israelenses comemoram morte de Yasser Arafat

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quinta-feira, 11 de novembro de 2004 as 07:40, por: CdB

O conselho dos assentamentos de Judéia Samaria (Cisjordânia) e da Faixa de Gaza,  principal organização de colonos israelenses, comemorou, nesta quinta-feira, a morte do líder palestino Yasser Arafat, qualificado de “assassino de judeus”.

– Com a morte de Yasser Arafat desaparece um assassino de judeus, responsável pelo luto em milhares de lares israelenses. – afirmou em um comunicado o conselho.

– Esperamos que a morte de Yasser Arafat permita a desistência do plano de retirada (da Faixa de Gaza), baseado no conceito errado de que que esta operação pode resultar em mais segurança. –  acrescenta a nota.

O conselho faz referência ao plano de evacuação da Faixa de Gaza e dos 8 mil colonos instalados nesta região elaborado pelo primeiro-ministro Ariel Sharon, que os colonos não aceitam.