Comércio já se decepciona com o consumo para o Dia dos Namorados

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 8 de junho de 2020 as 15:23, por: CdB

Esse é o resultado da pesquisa feita pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo para estimar o impacto da pandemia de coronavírus na terceira data mais importante para o varejo.

Por Redação – de São Paulo

As vendas do Dia dos Namorados, comemorado na próxima sexta-feira (12 de Junho), devem ter uma queda de 40% em comparação ao resultado do ano passado nas previsões de 60% dos donos de lojas do Estado de São Paulo.

O presentinho desse ano, no Dia dos Namorados, tende a ser apenas 'uma lembrancinha'
O presentinho desse ano, no Dia dos Namorados, tende a ser apenas ‘uma lembrancinha’

Esse é o resultado da pesquisa feita pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo para estimar o impacto da pandemia de coronavírus na terceira data mais importante para o varejo.

Retração

Menos pessimistas, os outros 40% dos donos de lojas acreditam que as vendas deverão cair 20% em relação a 2019. Os setores que os lojistas avaliam que têm mais chances de manter o faturamento são o vestuário, a perfumaria e os chocolates.

Em abril, a Serasa Experian apontou para uma queda de 31,8% nas vendas do varejo em comparação com o mesmo mês do ano passado. No acumulado dos quatro primeiros meses do ano, a atividade do varejo apresenta, segundo o levantamento da consultoria, uma retração de 10,1% em relação ao período de janeiro a abril de 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code