Comércio global dá sinais positivos para 2018 segundo estudo da OMC

Arquivado em: Comércio, Negócios, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018 as 14:59, por: CdB

O componente mais forte do índice foi o tráfego de contêineres, que chegou à maior marca histórica da OMC.

 

Por Redação, com Reuters – Bruxelas

 

O comércio global de bens continuará crescendo acima da tendência no segundo trimestre de 2018, mostrou o indicador trimestral da Organização Mundial do Comércio (OMC) nesta segunda-feira.

Comunicado

O tráfego de mercadorias tem aumentado, segundo pesquisa da OMC

O indicador, uma compilação publicada desde o terceiro trimestre de 2016, mostrou leitura de 102,3, comparado com a de novembro de 102,2.

Todos os sete componentes do indicador vieram positivos, exceto o comércio de componentes eletrônicos, que recuou a 94,1, contra 103,3 no trimestre anterior, possivelmente apontando para enfraquecimento na confiança do consumidor, informou a OMC em comunicado.

— O crescimento continua acima da tendência. A recuperação de 2017 parece estar se estendendo ao primeiro trimestre de 2018, pelo menos, com base em ordens fortes de exportação, muitas remessas aéreas e por contêiner e outros indicadores — disse o economista da OMC Coleman Nee.

Previsão comercial

O componente mais forte do índice foi o tráfego de remessas por contêiner; que chegou a 104,3. Maior marca desde que a OMC começou a publicar o indicador.
A entidade previu crescimento geral de 1,4 a 4,4% no comércio global de bens; mais provavelmente em torno dos 3,2%, sobre a estimativa de 3,6% para 2017.

Estes números, publicados em setembro; basearam-se em projeções de crescimento econômico do Fundo Monetário Internacional (FMI). Estas, desde então, foram elevadas em 0,2 ponto percentual, para 3,2% em 2017 e 3,3% em 2018. A OMC atualizará sua previsão comercial para este ano em abril.

As disputas comerciais e os atritos no comércio internacional não afetaram muito o quadro geral do comércio global, disse Nee.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *