Comitê analisará declarações sexistas de chefe dos Jogos Olímpicos

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 9 de fevereiro de 2021 as 11:28, por: CdB

 

Os membros do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 2020 vão se reunir para analisar as declarações sexistas do presidente da instituição, Yoshiro Mori, informou nesta terça-feira a imprensa japonesa.

Por Redação, com ANSA – de Tóquio

Os membros do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 2020 vão se reunir para analisar as declarações sexistas do presidente da instituição, Yoshiro Mori, informou nesta terça-feira a imprensa japonesa.

Yoshiro Mori

De acordo com à agência japonesa de notícias Kyodo e a emissora FNN, o Comitê Organizador pretende se encontrar ainda nesta semana para debater o assunto e definir uma resposta.

Após os comentários machistas de Mori, quase 400 voluntários das Olimpíadas, dos cerca de 80 mil recrutados, resolveram abandonar o trabalho.

A Kyodo ainda especificou que o comitê recebeu milhares de e-mails sobre o assunto e ao menos duas pessoas desistiram de participar do revezamento da chama olímpica.

Em uma reunião com os membros da entidade, Mori se queixou da presença feminina nos encontros do comitê, alegando que elas competem para falar mais. O ex-primeiro-ministro também reclamou do tempo que demoraria se as cúpulas tivessem mais mulheres.

Comentários foram “inapropriados”

O japonês, de 83 anos, pediu desculpas e disse que seus comentários foram “inapropriados”, além de afirmar que não vai renunciar ao cargo. O Comitê Olímpico Internacional (COI), por sua vez, declarou o assunto encerrado.

O pedido de desculpas não tirou a indignação de políticos e atletas. Yuriko Koike, governadora de Tóquio, afirmou que ficou “sem palavras”, já a tenista Naomi Osaka disse que as declarações vieram de um “ignorante”.

Mori é lembrado no Japão por uma série de gafes e declarações pouco diplomáticas feitas durante o seu mandato como primeiro-ministro do país, que foi de 2000 a 2001.

O conselho do Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio possuem atualmente 24 membros, sendo cinco mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code