Como usar o cartão de crédito a seu favor

Arquivado em: Comércio, Indústria, Serviços, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 11 de setembro de 2019 as 17:25, por: CdB

Nem todas as pessoas se dão conta de que os cartões de crédito repassam pontos ao programa de fidelidade conforme o valor pago na fatura convertido em dólar. Mas os programas de fidelidade dos cartões de crédito não são recompensas dadas aos clientes que pagam suas faturas em dia. Como o cliente paga por eles, uma vez que o acúmulo de pontos é maior ou menor a depender da anuidade paga, ignorá-los é jogar dinheiro fora.

Acumular pontos no cartão de crédito é simples. Basta comprar e pagar as contas em dia que os pontos serão computados. Porém, é preciso ter cuidado para que o gasto com o cartão não extrapole o orçamento mensal e signifique mais problemas do que benefícios.

Com o uso das milhas, os passageiros voam com maior frequência

A primeira orientação é usar o cartão de crédito com responsabilidade, obedecendo seu orçamento e comprando apenas o que é realmente necessário e o que pode ser pago quando a fatura chegar. Não adianta comprar bastante, achando que está acumulando pontos, pois a pontuação só é convertida no pagamento da fatura. Pagar o mínimo do cartão e entrar no rotativo gera poucos pontos e muitas dívidas. A ideia é usar o cartão a seu favor.

Usar o cartão com responsabilidade pode ser muito benéfico se considerarmos os programas de fidelização como uma oportunidade de renda extra. Pequenas compras do dia a dia podem ser priorizadas. Mercado, padaria, lanchonete, posto de gasolina e farmácia são ótimos lugares para se pagar no cartão.

Como os pontos do cartão de crédito são acumulados

Normalmente, cartões de crédito oferecidos pelos bancos acumulam pontos no programa de fidelização da instituição e podem convertidos em milhas. Cartões de lojas de departamentos e de eletrodomésticos, mesmo os que contam com bandeiras de crédito, não costumam acumular pontos. Portanto, para acumular e tornar a compra mais vantajosa, vale dar preferência aos cartões de bancos.

A taxa de conversão de dólares pagos na fatura para pontos varia conforme o tipo de cartão. Modelos mais básicos, com limite de crédito menor – cartões ouro, por exemplo – geralmente acumulam na proporção de um ponto para cada dólar. Cartões com crédito mais robusto e anuidades mais caras – platinum e black, por exemplo – podem converter até duas milhas para cada dólar pago. É bom verificar se ter um limite alto, que pode descontrolar as contas da casa, vale a pena só pelos pontos no cartão.

Convertendo pontos em milhas

Uma das formas mais vantajosas de aproveitar os pontos nos cartões de crédito é convertendo-os em milhas nos programas de fidelidade das companhias aéreas. Dados da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf) apontam que 90,4% das fontes de acúmulo de milhas são advindas de compras no cartão de crédito e que 74,8% dos pontos são resgatados em passagens aéreas.

A preferência dos clientes mostra-se ainda mais clara se considerarmos que os programas de fidelização das companhias aéreas oferecem bônus de conversão dos pontos acumulados no cartão. Geralmente, há promoções que oferecem bônus de conversão de 60% a 80%. Isso significa que quem tem 10 mil pontos acumulados no cartão, participando de uma promoção, pode convertê-los gerando até 18 mil milhas aéreas. A dica para aproveitar bem ofertas desse tipo é inscrever-se nas newsletters dos programas de fidelidade das empresas aéreas para receber notícias de bônus.

Venda de milhas

Quem tem milhas, mas não está planejando nenhuma viagem tem à disposição uma alternativa mais vantajosa que trocar seus pontos por eletrodomésticos: vender milhas online.

A MaxMilhas é a plataforma líder no mercado de venda de milhas e oferece uma plataforma prática e segura. Basta fazer um cadastro no site, informando dados pessoais, quantidade de milhas que deseja vender e de qual programa de fidelidade são os pontos. É possível escolher o preço que quer pelas milhas, mas a empresa aponta valores médios de venda, a fim de que as milhas sejam negociadas mais facilmente. Quando as milhas são vendidas, o pagamento é feito em, no máximo, 20 dias corridos.

Cuidados para não expirar milhas

Mais importante do que acumular é não deixar que as milhas expirem sem uso. Geralmente, os programas de fidelidade usam o prazo de dois anos para a expiração, que pode ser maior dependendo da modalidade do cartão. Ficar atento a esse prazo é essencial, pois milhas expiradas significam dinheiro perdido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *