Compra dos direitos esportivos pelo SBT tem perguntas sem respostas

Arquivado em: Coluna da TV, Cultura, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 19 de abril de 2021 as 09:00, por: CdB

 

De vez em quando fica meio difícil entender o SBT ou quais, exatamente, são os seus objetivos. Durante todo o segundo semestre do ano passado, o que vimos foi um severo enxugamento de praticamente todos os setores da sua produção, com reflexos diretos nos resultados de audiência.

Por Flávio Ricco – do Rio de Janeiro

Colaboração – José Carlos Nery

De vez em quando fica meio difícil entender o SBT ou quais, exatamente, são os seus objetivos. Durante todo o segundo semestre do ano passado, o que vimos foi um severo enxugamento de praticamente todos os setores da sua produção, com reflexos diretos nos resultados de audiência.

De vez em quando fica meio difícil entender o SBT ou quais, exatamente, são os seus objetivos

Se antes havia uma briga igual com a Record pela vice-liderança, já de alguns meses ela deixou de existir. Foi meio que jogar a toalha.

Mas o curioso é que, ainda em meio àquele período de demissões e cortes de despesas, veio a notícia da compra da Libertadores da América. Depois, perdeu a Fórmula 1, mas entrou na concorrência da Liga dos Campeões e ganhou. Agora, por último, embora ainda que não confirme, também já levou a Copa América por US$ 6 milhões.

Interessante tudo isso, porque essa é uma conta que não fecha. O que foi economizado com dispensa de funcionários e redução de custos de operação praticamente nada representa no que está sendo gasto na compra de tantos direitos esportivos.

Administração conflitante à parte, vamos combinar que até agora ninguém tem resposta para a principal pergunta: onde estava guardado todo esse dinheiro?

Certamente, o necessário para tudo isso não está vindo da área comercial. Na Libertadores só metade das cotas foi vendida e por valores, segundo o mercado, bem abaixo da tabela.

TV Tudo

O que mudou?

Até bem pouco tempo, o SBT vinha se recusando a entrar em qualquer concorrência esportiva.

O que sempre se dizia é que “o Silvio Santos não gosta”. Pelo jeito, passou a gostar.

Ponto 1

No mesmo segundo semestre do ano passado, antes de sair da presidência do Grupo, Guilherme Stoliar acertou a contratação de José Luiz Datena pelo SBT.

O vice da emissora, José Roberto Maciel até participou do brinde na casa do apresentador, num começo de noite.

Ponto 2

Mas a contratação do Datena, como aqui foi anunciado, acabou não se consumando.

No dia seguinte, primeiras horas da manhã, Silvio Santos ligou para a casa dele, dizendo que o SBT não tinha dinheiro para fazer o programa. Ficou o dito pelo não dito.

Teve outra

Esse episódio do Datena me fez lembrar outro, quando o Boni foi contratado.

Acompanhado de alguns assessores, ele chegou de helicóptero na Anhanguera e, além de toda a direção, foi recebido pelo próprio Silvio Santos, dizendo que ele seria muito feliz no SBT.

Mas aí…

O combinado era que o Boni cuidaria de tudo, em se tratando de produção e programação, de segunda a sábado. E que o domingo, inteirinho, continuaria com o dono.

Três da manhã, toca o telefone do Boni, com o Silvio  do outro lado dizendo que não conseguiria cumprir o combinado. Contrato rasgado.

A propósito

Em se tratando de patrocínio esportivo, finalmente a Band já tem uma segunda marca para as transmissões da Fórmula 1.

Agora, além da Claro, entrou a Philco.

Último da história

O Domingão do Faustão, no próximo programa, vai apresentar o último Ding Dong da história do quadro.

A ideia é produzir uma edição especial, das mais caprichadas em atrações e emoção.

Reprise

A Globo prepara uma sessão com os melhores momentos da Escolinha, do Bruno Mazzeo. Serão reexibidos entre 10 de julho e 25 de dezembro, portanto aos sábados, episódios das temporadas 4, 5 e 6.

Além do elenco já conhecido, os programas também contarão com interpretações de Ellen Rocche, Marco Luque, Paulo Vieira, Leandro Hassum, Marcelo Serrado e Marcos Caruso.

Quebra-cabeça

Também na TV paga, audiência conta e conta muito, para necessárias ações comerciais.

O problema da Disney é o seu número de canais. Atualmente são seis e quer queira ou não, um sempre acaba competindo ou tirando pontos do outro. Como resolver?

Autorizações

O Globoplay e a Maria Farinha Filmes estão com tudo pronto em São Paulo para retomar as gravações da segunda temporada da série Aruanas, com Débora Falabella, Taís Araújo, Leandra Leal e Thainá Duarte.

Por causa da questão da pandemia, faltam apenas as autorizações de órgãos locais para terem início os trabalhos.

Compasso de espera

O game show Operação Cupido permanece sem previsão de lançamento na Rede TV!.

Ainda depende de cenários, pilotos, convidados…Enfim, toda uma produção. Luciana Gimenez vai apresentar.

A Ilha

O reality show A Ilha, novo programa da Sabrina Sato na Record, entrou na etapa de escolha de elenco.

A estreia continua prevista para o segundo semestre.

Bate – Rebate

•     Uma segunda-feira diferente para o pessoal da CNN Brasil…

•     … Este será efetivamente o primeiro dia de trabalho na nova CEO, Renata Afonso…

•     … Ela aproveitou o final da semana passada para mudar de Sorocaba para São Paulo…

•     … Em todos, naturalmente, há uma grande expectativa.

•     Aliás, o novo programa de Phelipe Siani na CNN Brasil também passa a depender da nova direção.

•     Na manhã desta quarta-feira, remotamente, SBT e Discovery promovem coletiva de imprensa do programa Mestres da Sabotagem

•     … O programa estreia no próximo sábado, dia 24, com apresentação de Sérgio Marone.

•     Bernardo Marinho, Chandelly Braz, Juliana França, Pedro Henrique Müller e Zahy Guajajara estão na peça Como devo chorá-los?, que estreia dia 27…

•     … O espetáculo, baseado em Antígona, tragédia grega de Sófocles, será exibido gratuitamente no site até 2 de maio.

•     A TV Cultura, com o caminho livre, depois que o SBT diminuiu a faixa de desenhos na parte da manhã, passou a observar crescimento de audiência no horário…

•     … Em alguns horários chega até alcançar o terceiro lugar.

•     O jornalista Josimar Melo, prestigiado crítico gastronômico, além de curador, também terá um programa no novo canal de culinária do Grupo Bandeirantes na TV paga.

•     Juliana Knust e Cássio Reis protagonizam a comédia romântica Em Casa a Gente Conversa, online e gratuita, via Sympla, entre os dias 22 e 25 deste mês.

C´est fini

Globo volta a gravar as suas novelas nesta segunda-feira. Assim como a Record, o protocolo de cuidados foi redobrado.

Os trabalhos, por enquanto, devem se concentrar nos estúdios. Nada de externas.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!