Confederação de Atletismo confirma 43 atletas do Brasil para os Jogos

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 9 de julho de 2024 as 12:53, por: CdB

De acordo com Wlamir Motta Campos, presidente da CBAt, o Brasil pode contar ainda com outros três atletas que ficaram fora da lista de convocados em razão de exigências da World Athletics, relacionadas a realização dos testes antidoping.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) anunciou a lista dos 43 atletas do país classificados à Olimpíada de Paris, 19 mulheres e 24 homens. Quinze atletas, entre eles Alison do Santos, número 2 do mundo nos 400 metros com barreiras – garantiram presença em Paris ao conseguirem o índice olímpico, mas a maioria carimbou o passaporte por meio de pontuação no ranking mundial da World Athletics (federação internacional da modalidade). A janela de pontuação chegou ao fim em 30 de junho. Confira a lista completa ao fim do texto. 

Um dos favoritos ao ouro é Alison dos Santos, nos 400m com barreiras

De acordo com Wlamir Motta Campos, presidente da CBAt, o Brasil pode contar ainda com outros três atletas que ficaram fora da lista de convocados em razão de exigências da World Athletics, relacionadas a realização dos testes antidoping. São eles: Max Batista (marcha atlética), Lívia Avancini (arremesso de peso) e Igor Gabriel Soares (revezamento 4x 100m). Segundo Campos, o trio fez ao menos três testes nos últimos meses, a contar de setembro de 2023, no período de 21 dias. No entanto, a World Athletics afirma que o período de 21 dias não teria sido respeitado, razão que inviabiliza a convocação do trio.

– A CBAt recorreu à World Athletics para que esses atletas estivessem elegíveis, para que pudéssemos fazer a convocação hoje, mas houve uma negativa. Então nós iremos recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça, vamos às últimas consequências para assegurar a participação desses atletas – garantiu o dirigente.

Além de Alison dos Santos, invicto nesta temporada no ranking da Diamond League (circuito mundial) dos 400m com barreiras, o Brasil também tem chances de subir ao pódio olímpico na prova da marcha atlética (Caio Bonfim, Érica Sena e Viviane Lyra) e com Darlan Romani (arremesso de peso).

Até o momento, o Brasil totaliza 278 atletas confirmados nos Jogos de Paris, com abertura em 26 de julho. As provas de atletismo ocorrerão no período de 1º a 11 de agosto. 

Convocados

Equipe feminina

Vitória Rosa – 100m rasos
Ana Azevedo – 100m e 200m rasos
Lorraine Martins – 200m rasos
Tiffany Marinho – 400m rasos
Flávia Lima – 800m rasos
Chayenne Pereira da Silva – 400m com barreiras
Tatiane Raquel – 3000m com obstáculos
Valdileia Martins – salto em altura
Juliana Campos – salto com vara
Eliane Martins – salto em distância
Lissandra Campos – salto em distância
Gabriele Sousa – salto triplo
Ana Caroline da Silva – arremesso de peso
Izabela Rodrigues da Silva – lançamento de disco
Andressa Morais – lançamento de disco
Jucilene Lima – lançamento de dardo
Érica Sena – 20km marcha atlética
Gabriela Muniz – 20km marcha atlética
Viviane Lyra – 20km marcha atlética e revezamento misto

Equipe masculina

Felipe Bardi – 100m rasos e revezamento 4x100m
Erik Cardoso – 100m rasos e revezamento 4x100m
Paulo André Camilo – 100m rasos e revezamento 4x100m
Gabriel Garcia – revezamento 4x100m
Renan Gallina – 200m rasos e revezamento 4x100m
Matheus Lima – 400m rasos, 400m com barreiras e revezamento 4x400m
Lucas Carvalho – 400m rasos e 4x400m
Lucas Vilar – revezamento 4x400m
Jadson Lima – revezamento 4x400m
Douglas Hernandes – revezamento 4x400m
Rafael Pereira – 110m com barreiras
Eduardo de Deus – 110m com barreiras
Alison dos Santos – 400m com barreiras e revezamento 4x400m
Fernando Ferreira – salto em altura
Lucas Marcelino dos Santos – salto em distância
Almir Júnior – salto triplo
Darlan Romani – arremesso de peso
Wellington Morais – arremesso de peso
Luiz da Silva – lançamento de dardo
Pedro Henrique Rodrigues – lançamento de dardo
Caio Bonfim – 20km marcha atlética e revezamento misto
Matheus Correa – 20km marcha atlética
Daniel Nascimento – maratona
José Ferreira Santana – decatlo

Definidos os 12 convocados da seleção masculina de vôlei para Paris

A seleção brasileira masculina de vôlei foi convocada para a Olimpíada de Paris, com 12 jogadores, cinco deles estreantes em Jogos. O anúncio feito nominalmente nas redes sociais pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) no domingo. Os debutantes em Olimpíadas chamados pelo técnico Bernardinho são os irmãos Alan e Darlan, Adriano, Flávio e Lukas Bergmann. Entre os experientes estão o levantador Bruninho, Lucão e Lucarelli, trio que faturou o ouro na edição Rio 2016. Confira a lista completa ao final do texto.

– A gente tem uma seleção muito forte, com muitos jogadores bons. Se a gente conseguir chegar coeso e um time bem organizado, temos grandes chances – projetou Lucarelli, em entrevista ao portal olympics.com

O técnico Bernardinho também chamou o ponteiro Honorato, atleta extra que entrará na seleção caso algum dos 12 convocados se lesione ao longo do torneio.  A regra do 13º jogador foi implementada nesta edição dos Jogos, e vale para todas as 12 equipes classificadas à Paris.

A estreia do Brasil na fase de grupos dos Jogos será contra a Itália, às 8h (horário de Brasília) de 27 de julho (um sábado). Quatro dias depois, numa quarta-feira, a seleção encara Polônia às 4h e, faz o último jogo da primeira fase contra o Egito, em 2 de agosto (sexta-feira), enfrenta o Egito às 8h do dia 2 de agosto (sexta-feira).

O Brasil busca o tetracampeonato olímpico em Paris. A seleção masculina conquistou o ouro nas edições de Barcelona (1992), Atenas (2004) e na Rio 2016.  Na edição de Pequim (2008), a seleção foi até a final, mas foi superada pelos Estados Unidos, e amealhou a primeira prata. A segunda viria quatro anos depois, quando o país tropeçou diante da Rússia na decisão do ouro. Na última edição dos Jogos (Tóquio 2020), a seleção terminou na quarta posição, após perder a disputa do bronze para a Argentina.

Convocados

Bruninho – levantador

Cachopa – levantador

Adriano – ponteiro

Leal – ponteiro

Lucarelli – ponteiro

Lukas Bergmann – ponteiro

Alan – oposto

Darlan – oposto

Flávio – central

Isac – central

Lucão – central

Thales – líbero

13º convoado – Honorato (ponteiro)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *