Confronto entre facções assusta moradores do Morro dos Macacos

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 20 de julho de 2018 as 16:34, por: CdB

Nas redes sociais, moradores relataram em “armamento pesado” e “armas potentes e pesadíssimas”

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro:

Confronto entre Facções criminosas rivais em disputa pelo controle da região, deixaram os moradores do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro, assustados nesta sexta-feira.

Guerra entre facções assusta moradores do Morro dos Macacos

Os tiroteios começaram a ser ouvidos pouco depois da meia noite e se estenderam até as 4h30. Nas redes sociais, moradores relataram em “armamento pesado” e “armas potentes e pesadíssimas”.

De acordo com a polícia, o conflito começou após integrantes de uma facção rival do Morro São João, no Engenho Novo, também na Zona Norte, tentarem tomar o Morro dos Macacos. Os invasores chegaram pela região de mata no alto da comunidade.

O aplicativo OTT/RJ (Onde Tem Tiroteio) emitiu um comunicado nas redes sociais, pedindo cuidado por parte dos moradores:

– Pedimos aos moradores do Morro dos Macacos que estão indo para suas casas que liguem para familiares e amigos para saber a real possibilidade de entrar na comunidade. Continuam muitos tiros. Cuidado na região.

O blindado da PM foi acionado para o local durante a madrugada. Um homem, cuja identidade não foi divulgada, foi detido e levado para a 20ª DP (Grajaú).

Policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Macacos, da UPP São João e da CPP (Coordenadoria de Polícia Pacificadora) vasculham as comunidades, na tenativa de encontrar os envolvidos no confronto.

Complexo do Alemão

O Comando de Operações Especiais da Polícia Militar, formado pelas tropas de elite da corporação, fizeram na quinta-feira em conjunto com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) uma grande operação contra o crime organizado no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, uma das regiões mais perigosas do Rio.

Na ação, os militares apreenderam mais de 500 quilos de maconha, prenderam um criminoso ferido em confronto com os militares e encaminhado ao Hospital Getúlio Vargas, além de outros dois criminosos presos. Foram apreendidas também rês pistolas, uma granada e uma tornozeleira eletrônica.

A ação teve como finalidade coibir as recentes ações criminosas ocorridas na região, como os confrontos e investidas dos criminosos contra bases das Unidade de Polícia Pacificadora (UPPs), além de identificar e prender os envolvidos em roubos de carga e no tráfico de drogas.

No último domingo, cinco criminosos foram mortos em confronto militares da UPP. A partir daí, os criminosos ameaçaram atacar as bases da UPP no Complexo do Alemão e os militares que trabalham nas Unidades de Polícia Pacificadora espalhadas pelo complexo de favelas do Alemão. Devido ao clima tenso na região, a PM vem realizando ações diárias na região.

A PM informou que o Batalhão de Operações Especiais (Bope) atuou no Morro do Alemão, o Choque na Nova Brasília, policiais das UPPs nos morros do Adeus e da Baiana e policiais da Unidade de Engenharia, Demolição e Transporte (UEDT) do Bope no Morro do Adeus na remoção de barreiras colocadas por criminosos em vias públicas para dificultar à entrada da polícia.

Devido ao tiroteio, a concessionária Light, responsável pelo fornecimento de energia elétrica na região, informou que alguns transformadores de energia foram danificados por tiros. Com isso, a comunidade ficou sem energia em algumas áreas, mas os técnicos da campanhia só iriam realizar os reparos quando os funcionários tivessem condições de segurança para atender os chamados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *