Confronto na fronteira entre Quirguistão e Tajiquistão deixa um morto e 16 feridos

Arquivado em: Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 29 de abril de 2021 as 10:11, por: CdB

Unidades militares do Quirguistão e Tajiquistão entraram em confronto na fronteira, segundo o Serviço Fronteiriço do Quirguistão. Do lado do Tajiquistão, três pessoas foram hospitalizadas, sendo que dois em estado grave, segundo hospital local.

Por Redação, com Sputnik – de Biškek

Unidades militares do Quirguistão e Tajiquistão entraram em confronto na fronteira, segundo o Serviço Fronteiriço do Quirguistão.

Confronto armado na fronteira entre Quirguistão e Tajiquistão deixa um morto e 16 feridos

“Um tiroteio foi iniciado entre as unidades militares de ambas as partes”, comunicou à agência russa de notícias Sputnik a assessoria de imprensa Serviço Fronteiriço quirguiz.

Por sua vez, o Ministério da Saúde do Quirguistão comunicou que ao menos 16 pessoas ficaram feridas, sendo que sete delas foram hospitalizadas, quatro estão em estado grave e três em estado intermediário. Além disso, duas pessoas estão passando por operações e outras três foram levadas para hospitais em zonas rurais.

Do lado do Tajiquistão, três pessoas foram hospitalizadas, sendo que dois em estado grave, segundo hospital local.

Uma fonte do Ministério da Defesa do Tajiquistão afirmou à Sputnik que o país não pretende enviar forças adicionais à zona de conflito na fronteira.

“O Tajiquistão não pretende usar forças adicionais na fronteira com o Quirguistão, onde desde quarta um conflito é desencadeado, e que nesta quinta-feira se transformou em um conflito armado (…). O Tajiquistão tem forças e meios suficientes no norte do país e não há necessidade de usar forças adicionais”, afirmou.

De acordo com as autoridades do Quirguistão, durante o conflito, as forças especiais usaram morteiros, metralhadoras e fuzis de assalto.

O conflito

O conflito teve início na quarta-feira, quando aproximadamente 150 moradores de ambos os lados entraram em confronto. De acordo com informações, o embate teria se iniciado depois de uma tentativa de o Tajiquistão instalar câmeras de vigilância nos postes da região.

Por sua vez, as autoridades do Tajiquistão afirmaram que o incidente ocorreu devido a uma incitação por parte do Quirguistão.

A região é frequentemente palco de conflitos, motivados por disputas territoriais de áreas não divididas, onde é impossível determinar a localização da fronteira entre os dois países.