Congressistas norte-americanos se recusam a fazer teste do coronavírus

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 3 de maio de 2020 as 12:08, por: CdB

A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, e o líder da maioria do Senado do país, Mitch McConnell, recusaram a proposta do governo de passar por testes do coronavírus.

Por Redação, com Sputnik – de Washington

A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, e o líder da maioria do Senado do país, Mitch McConnell, recusaram a proposta do governo de passar por testes do coronavírus.

A recusa dos congressistas teria como objetivo primeiramente suprir a demanda de testes entre a população
A recusa dos congressistas teria como objetivo primeiramente suprir a demanda de testes entre a população

Os testes haviam sido oferecidos pela administração do presidente Donald Trump para que os congressistas norte-americanos pudessem saber se contraíram o coronavírus em poucos minutos.

Contudo, em uma declaração, a presidente da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi, e o chefe da maioria republicana no Senado, o senador Mitch McConnell, rejeitaram submeter os congressistas ao teste.

“O Congresso é grato pela generosa oferta da Administração [do governo] para instalar postos de testes rápidos da covid-19 no Capitólio [de Washington], mas recusamos respeitosamente a oferta neste momento”, indica a declaração, publicada pelo jornal Washington Post.

A recusa dos congressistas teria como objetivo primeiramente suprir a demanda de testes entre a população.

O Congresso norte-americano “quer continuar direcionando os recursos para a linha de frente [do combate ao coronavírus], onde eles podem fazer o melhor e o mais rápido”, indica a declaração.

‘Washington cheia de testes’

Ainda no sábado o presidente americano afirmou que seu país tinha diversos testes para serem usados pelos congressistas que retornarão às suas atividades nesta segunda-feira.

Existe uma enorme capacidade de testes de coronavírus em Washington para os senadores que voltem ao Capitólio nesta segunda-feira. Da mesma forma para a Câmara, que deveria voltar (ao trabalho) mas não está voltando por causa da maluca da Nancy P. Será usado o teste Abbot, que leva 5 minutos. Por favor, avisem o doutor Brian P. Monahan.

Ainda de acordo com a mídia, o assessor de um membro do Partido Democrata americano disse que nem o Congresso norte-americano, nem o médico da instituição, Brian P. Monahan, haviam requerido qualquer teste rápido.