Conheça os quatro padrões que definem a qualidade de um diamante

Arquivado em: Comércio, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 23 de abril de 2020 as 20:54, por: CdB

São avaliados a Cor, Corte, Claridade e Peso em quilates) e do GIA International Diamond Grading System.

Por Celso Martins – de Belo Horizonte

O instituto Gemológico da América (GIA), entidade sem fins lucrativos, foi criado em 1931 para promover um entendimento mais profundo das pedras preciosas no comércio e no público. Além de garantir mais segurança para o consumidor, atestando a qualidade do produto que está sendo vendido, a entidade promove educação, pesquisa, serviços de laboratório e desenvolvimento de instrumentos.

Uma das ações importante da entidade foi a padronização da avaliação de diamantes através da criação dos 4Cs de qualidade. São avaliados a Cor, Corte, Claridade e Peso em quilates) e do GIA International Diamond Grading System. Esse padrão é reconhecido no mundo todo como referência para definir a qualidade do diamante.

O Instituto dedica-se a garantir a confiança do público em gemas e joias, mantendo os mais altos padrões de integridade, acadêmicos, ciências e profissionalismo. É importante ao comprar joias ou semi-joias verificar se o estabelecimento tem a certificação do produto que está sendo vendido.

No Brasil uma das empresas com a certificação do GIA, e com produtos com a qualidade comprovada, é a Lojas Rubi, que atesta por exemplo, o teor de pureza de uma aliança de ouro. Esse é o primeiro critério de qualidade de cada joia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *