Contratos longos oferecem segurança aos atores e à própria Globo

Arquivado em: Coluna da TV, Cultura, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 20 de dezembro de 2018 as 09:34, por: CdB

Ninguém passa recibo, e talvez nem seja o caso de passar, mas a decisão de Marco Pigossi em não continuar na casa, para fazer duas séries no Netflix, foi um golpe que a Globo sentiu e até agora não assimilou muito bem.

Por Flávio Ricco – do Rio de Janeiro

Colaboração – José Carlos Nery

A volta dos contratos de longo prazo na Globo, acaba por atender os interesses de atores e atrizes, pela segurança que representam, mas também da própria empresa ao não ser mais surpreendida com a saída de vários deles para trabalhos no streaming.

A volta dos contratos de longo prazo na Globo, acaba por atender os interesses de atores e atrizes, pela segurança

Ninguém passa recibo, e talvez nem seja o caso de passar, mas a decisão de Marco Pigossi em não continuar na casa, para fazer duas séries no Netflix, foi um golpe que a Globo sentiu e até agora não assimilou muito bem.

Se, num determinado instante, existiu a decisão de segurar apenas os considerados imprescindíveis, porque no mercado local a concorrente Record tinha deixado de oferecer qualquer risco, de uns tempos para cá a situação voltou a se alterar.

A Globo, levada pelas necessidades, decidiu adotar a mesma política do passado, ao ampliar o seu elenco às mesmas medidas de antes.

A primeira dessas razões, claro, para se precaver contra novos e possíveis ataques de fora

E, a outra, porque o volume da sua produção se acentuou de maneira bem importante nesses últimos tempos.

TV Tudo

A propósito

Quando se fala em aumentar o volume de produção na dramaturgia da Globo, entenda-se ampliar consideravelmente a realização de séries.

Um material que além de atender a TV, será disponibilizado no Globopay.

Gravado

O Tá no Ar, em sua última temporada agora em janeiro, contará com a presença de vários e ilustres convidados.

Giovanna Antonelli, Alexandre Nero e Pedro Bial serão apenas alguns desses. Já está tudo gravado.

Segredo em cima

Fernanda Gentil sabe exatamente o que vai fazer da vida em 2019 e a Globo também já tem definido qual será o novo trabalho dela no Entretenimento.

Mas como tudo ainda depende de alguns ajustes, nada será divulgado tão imediatamente.

Volta antes

Nos primeiros dias de janeiro toda a produção da Xuxa voltará a cumprir expediente normal na Record.

Em vez do Dancing Brasil, a ordem agora será preparar a primeira temporada do The Four. A ideia é promover essa estreia já no comecinho de fevereiro.

Representante

O Só Toca Pop, especial de fim de ano, na Globo, vai receber Claudia Leitte, com a sua nova música Balancinho, representando todos os artistas de axé que passaram pelo programa neste 2018.

No ar, dia 29.

Enxuto

O SBT Folia, em 2019, não vai lembrar em nada a riqueza e ostentação das suas edições do passado.

E, diante das condições de trabalho oferecidas, ou falta delas, entre funcionários e artistas ninguém quer ser incluído nessa. Mais uma vez, vai ser tudo gravado, nada ao vivo, enxertado com matérias de blocos de São Paulo.

Vai sair

Depois da pesquisa e ler todos os capítulos de O Grito, novela do Jorge Andrade exibida entre 1975 e 1976, Ricardo Linhares também já tem a sua sinopse escrita.

Agora, como se sabe, a ideia é transformá-la em série.

Para quem não viu

O Grito, foi uma “novela das 10”, na Globo, com um elenco enxuto, mas formado só por nomes consagrados, como Glória Menezes, Walmor Chagas, Ney Latorraca, Otávio Augusto, Yoná Magalhães e Elizabeth Savalla, entre outros.

É a história de uma família aristocrata, mas em decadência, dona de um edifício desvalorizado com a construção de um elevado. No caso dela, o Minhocão, de São Paulo.

Cala boca

Muita gente boa, em programas de TV, queimou a língua ao atacar o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, por não ter aceito proposta de patrocínio milionária de uma marca misteriosa.

Agora, depois de necessários levantamentos, há o reconhecimento que ele fez muito bem.

Muito do mal

Se a Mariacarla, da Regiane Alves, já foi muito ruim até agora, vai ficar ainda pior nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, às 7, na Globo.

Nomeada interventora da SamVita, ela decide redefinir as regras da empresa e promover uma demissão em massa dos funcionários.

Bate – Rebate

·       Record pretende fixar um calendário de atrações para 2019 e trabalhar com ele sem alterações…

·       … Só em último caso alguma coisa será modificada…

·       … A estreia de Topíssima, por exemplo, irá acontecer em maio…

·       … A princípio a autora Cristianne Fridman trabalha com a responsabilidade de 130 capítulos.

·       Mayana Neiva também está no elenco do filme O silêncio da chuva, direção de Daniel Filho e roteiro de Lusa Silvestre…

·       … Além dela, outros conhecidos como Claudia Abreu, Thalita Carauta, Otávio Muller, Bruno Gissoni e Lázaro Ramos…

·       … Lançamento previsto para o segundo semestre do ano que vem.

·       Vem aí a quarta temporada da premiada série Um Contra Todos, da Fox…

·       … Aliás um sucesso, que além daqui, também acontece em outros vários países.

C´est fini

A Globo está bem adiantada nos preparativos da nova Malhação do Emanuel Jacobina, inclusive com avanços importantes na pré-produção e escalação do elenco.

Gravações devem ter início em fevereiro para estrear em abril.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *