Copa 2018: Argentina pede desculpas por manual que ensina como seduzir russas

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 17 de maio de 2018 as 12:14, por: CdB

Os conselhos, que foram considerados machistas, eram parte de um manual intitulado “Linguagem e Cultura Russas, Pensando na Copa do Mundo” e incluía as dicas “seja limpo, não seja negativo e não trate as mulheres como objetos”

Por Redação, com Reuters – de Buenos Aires:

O presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia, pediu desculpas pela publicação de um manual para a Copa do Mundo que inclui conselhos sobre como seduzir mulheres russas.

Presidente da AFA, Claudio Tapia

Os conselhos, que foram considerados machistas, eram parte de um manual intitulado Linguagem e Cultura Russas, Pensando na Copa do Mundo e incluía as dicas “seja limpo; não seja negativo e não trate as mulheres como objetos”.

– Uma investigação interna… concluiu que parte do material foi impresso por erro.

Ele não reflete o pensamento da Associação de Futebol Argentino (AFA); nem de seu presidente, Claudio Tapia, nem de nenhum de seus diretores”; disse a entidade em um comunicado.

Tapia visitou a Casa Rússia, um instituto cultural de Buenos Aires; na quarta-feira, para se desculpar pessoalmente pela gafe.

Reportagens disseram que as informações foram fornecidas aos jogadores; a funcionários da AFA e à mídia no início desta semana em um fórum especial sobre como se preparar para a Copa do Mundo.

Mais de 40 mil argentinos compraram ingressos para o torneio; que começa em Moscou no dia 14 de junho.A Argentina, bicampeã mundial, enfrentará Islândia, Nigéria e Croácia em seu grupo.

Guerrero

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, anunciou na quarta-feira; que seu governo dará apoio legal ao atacante Paolo Guerrero na tentativa de anular na Corte Arbitral do Esporte (CAS); uma sanção por doping que o tirou da Copa do Mundo da Rússia.

Vizacarra disse a jornalistas que a sanção é desproporcional e; que Guerrero e seus advogados lhe disseram que eles também apresentarão uma medida cautelar; para suspender a punição do jogador enquanto o tribunal na Suíça resolve o processo.

– Eles estão começando um procedimento para anular esse laudo arbitral; que define a sanção de 14 meses. Estão recorrendo ao tribunal federal suíço (…) dado que esse laudo não cumpre a garantia do devido processo – disse em uma conferência semanal com alguns de seus ministros.

A CAS estendeu de 6 para 14 meses uma suspensão sobre Guerrero por doping; após teste do jogador ter dado positivo para um derivado de cocaína.

– É injusto – disse Vizcarra, que assumiu o poder no fim de março depois da renúncia de seu antecessor, Pedro Pablo Kuczynski; em meio a um escândalo de corrupção. “Foi sancionado por uma suposta negligência com um pena totalmente desproporcional; quando a primeira sentença já havia sido suspensa”, acrescentou.

A notícia caiu como um balde de água fria no país; que se classificou para a Copa do Mundo pela primeira vez depois de 36 anos e; que tomou a questão da punição de Guerrero como problema nacional.

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *