Copa da Rússia é possível alvo para EI, alertam especialistas

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 18 de janeiro de 2018 as 10:48, por: CdB

A participação das seleções da Arábia Saudita e do Irã no torneio dão um incentivo ainda maior ao grupo para mirar a competição, segundo o relatório

Por Redação, com Reuters – de Bagdá/Londres:

A Copa do Mundo da Rússia será um “alvo atraente” para o Estado Islâmico por conta do papel russo na derrota territorial do grupo militante no Oriente Médio, afirmou nesta quinta-feira a companhia de análises IHS, sediada no Reino Unido.

A Copa do Mundo da Rússia será um “alvo atraente” para o Estado Islâmico

– Um ataque bem-sucedido (na Rússia) irá provocar um tremendo impulso de; propaganda para o Estado Islâmico e seus combatentes e apoiadores; destacando a contínua ameaça internacional apresentada pelo grupo apesar de sua derrota territorial – informou a IHS em relatório.

A participação das seleções da Arábia Saudita e do Irã no torneio dão um incentivo ainda maior ao grupo para mirar a competição, segundo o relatório.

Território

Apesar de perder todo território no Iraque e Síria em novembro do ano passado; o grupo reivindicou grandes ataques em Istambul, Londres, Manchester, Barcelona e Teerã, matando dezenas de civis.

O grupo mirou a cidade sagrada muçulmana de Medina, na Arábia Saudita, em 2016.

O líder do Estado Islâmico Abu Bakr al-Baghdadi, ainda está foragido apesar da queda do ano passado do califado; que declarou em 2014 em partes da Síria e do Iraque.

Ataques reivindicados pelo Estado Islâmico cresceram levemente em 2017, para mais de 4,5 mil; apesar de suas perdas territoriais, mas fatalidades dos ataques caíram em dois quintos comparadas a 2016, para cerca de 6,5 mil, informou a IHS.

Mulheres árabes assistem a partida de futebol pela primeira vez

Mulheres vestidas com abaias pretas e coletes laranjas ficaram nos portões no estádio Rei Abdullah para receber os torcedores para o setor familiar; que, pela primeira vez na história da Arábia Saudita; permitia que mulheres assistissem a uma partida de futebol no local.

Enquanto Al-Ahli e Al-Batin se enfrentavam em Jedá, mulheres assistiam pela primeira vez a um evento esportivo dentro do estádio, para torcer pelos times ao lado de seus maridos, filhos e amigos.

Decisão tardia

A Autoridade-Geral dos Esportes saudita anunciou em outubro que os estádios de Jidá, Dammam e Riad serão configurados para receber famílias a partir deste ano.

Enquanto Al-Ahli e Al-Batin se enfrentavam em Jedá, mulheres assistiam pela primeira vez a um evento esportivo dentro do estádio, para torcer pelos times ao lado de seus maridos, filhos e amigos.

Decisão tardia

A Autoridade-Geral dos Esportes saudita anunciou em outubro que os estádios de Jidá, Dammam e Riad serão configurados para receber famílias a partir deste ano.

— Hoje, a porcentagem daquelas que participam em exercícios e esportes é de apenas 13%. Queremos aumentar para 40% até 2030, por meio de vários eventos; e hoje é um desses eventos — disse Hayfaa al-Sabban. Ela chefia a organização esportiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *