Copa do Mundo: árbitro saudita é excluído por tentar manipular resultado de partida

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 16 de maio de 2018 as 14:51, por: CdB

Al Mirdasi confessou ter se oferecido para interferir no resultado da final de sábado da Copa do Rei a favor do time Al Ittihad, segundo a federação

Por Redação, com Reuters – de Zurique:

A Arábia Saudita excluiu o árbitro Fahad Al Mirdasi de forma vitalícia por tentativa de manipular o resultado de uma partida semanas antes da data prevista para viajar à Rússia para apitar na Copa do Mundo, anunciou a federação de futebol do país em comunicado divulgado na noite de terça-feira.

Árbitro Fahad Al Mirdasi durante jogo da Copa das Confederações de 2017

Al Mirdasi confessou ter se oferecido para interferir no resultado da final de sábado da Copa do Rei a favor do time Al Ittihad; segundo a federação, acrescentando que pediu à Fifa que o puna com uma suspensão vitalícia global; além de retirá-lo da lista da Copa do Mundo.

O juiz de 32 anos abordou o chefe da Al Ittihad, Hamad Al-Senaie; que imediatamente entregou mensagens de WhatsApp a autoridades da federação; que por sua vez alertaram as autoridades governamentais relevantes, disse a federação.

Al Mirdasi

Al Mirdasi foi colocado sob custódia da polícia, para a qual admitiu ter solicitado o pagamento ilícito; acrescentou o comunicado do comitê de ética da federação.

O Al Ittihad enfrentou o Al Faisaly na partida em questão; disputada no Centro Esportivo Rei Abdullah de Jedá; vencendo nos acréscimos um jogo arbitrado por Mark Clattenburg, ex-árbitro do Campeonato Inglês.Clattenburg; que foi escolhido como chefe da arbitragem da federação saudita no ano passado; substituiu Al Mirdasi na véspera da decisão.

Al Mirdasi está na lista de árbitros da Fifa desde 2011 e apitou na Copa das Confederações do ano passado, sediada pela Rússia.

Federação argentina provoca polêmica com manual

A Associação de Futebol Argentina (AFA) realizou na terça-feira um curso de idioma e cultura russa que gerou uma onda de repúdio e críticas em razão; de um manual distribuído entre os que comparecerão à Copa do Mundo; devido a uma seção com dicas sobre como conquistar mulheres russas.

– O que fazer para ter uma oportunidade com uma garota russa – diz uma das páginas do manual, ao qual à agência inglesa de notícias Reuters teve acesso.

– O conselho é tratar a mulher que à sua frente como alguém de valor – explica a segunda das oito recomendações que encerram aconselhando: “não se preocupe, existem muitas mulheres bonitas na Rússia e nem todas são boas para você. Seja seletivo”.

O curso, que a AFA anunciou através de seu site e redes sociais oficiais era direcionado a jornalistas; dirigentes, jogadores e treinadores e aconteceu na sede da instituição em Buenos Aires.

 O objetivo do seminário foi “capacitar em conhecimentos mínimos necessários do idioma e cultura russa”; segundo a entidade.

As páginas polêmicas vieram à tona durante o seminário e chegaram às redes sociais. Por essa razão, se interrompeu a aula e os manuais foram retirados, que logo foram devolvidos sem as “recomendações”, disse à Reuters um dirigente que assistiu.

Segundo uma fonte da AFA, o curso era de responsabilidade de um professor de idioma; e o manual foi desenvolvido pela comissão de esportividade, responsabilidade social e sustentabilidade da associação; que teria copiado o texto de um blog.

A AFA não emitiu nenhum comunicado sobre o episódio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *