Coreia do Norte detém tripulação de pesqueiro russo

Arquivado em: Ásia, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 24 de julho de 2019 as 11:26, por: CdB

A Coreia do Norte deteve 15 russos e dois sul-coreanos da tripulação de um barco pesqueiro por violarem regulamentos de entrada.

Por Redação, com Reuters – de Seul

A Coreia do Norte deteve 15 russos e dois sul-coreanos da tripulação de um barco pesqueiro por violarem regulamentos de entrada, disse a embaixada da Rússia na Coreia do Norte nesta quarta-feira.

Barco de pesca visto perto do vilarejo de Nongso, na Coreia do Sul

Os pescadores foram detidos por guardas de fronteira em 17 de julho, e atualmente estão sendo mantidos em um hotel na cidade de Wonsan, informou a embaixada russa na capital norte-coreana, Pyongyang, em sua página de Facebook.

O navio, identificado pela embaixada como o Xianghailin-8, de propriedade da Northeast Fishery Company, sediada nos arredores de Nevelsk, na Rússia, também está em Wonsan.

Segundo a representação, o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte disse que a tripulação foi detida por “violar as regras de entrada e permanecer no território da (Coreia do Norte)”.

O Ministério da Unificação da Coreia do Sul, encarregado de assuntos intercoreanos, disse nesta quarta-feira que os dois pescadores sul-coreanos estão seguros e que está tentando obter sua libertação por meio de consultas com suas famílias, a Coreia do Norte e a Rússia.

Os tripulantes

Na segunda-feira, autoridades consulares russas tiveram permissão de se encontrar com os tripulantes, que descreveram como saudáveis.

A embaixada russa disse estar em “contato constante” com o governo norte-coreano e adotando todas as medidas necessárias para resolver a situação.

A Rússia mantém laços relativamente estreitos com Pyongyang, e continua sendo uma parceira comercial frequente.

A Coreia do Sul vem tentando amenizar as tensões com seu vizinho do norte, mas os sul-coreanos continuam proibidos por seu governo de ir para a Coreia do Norte sem permissão de Seul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *