Coreia do Norte dispara mísseis de curto alcance em segundo teste

Arquivado em: América do Norte, Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 9 de maio de 2019 as 10:34, por: CdB

Os dois mísseis foram disparados por volta de 04h29 e 04h49 (horário de Brasília), da região noroeste de Kusong, em direção ao leste, informou um comunicado dos Estado-Maior das Forças Armadas sul-coreanas.

Por Redação, com Reuters – de Seul

A Coreia do Norte disparou nesta quinta-feira o que aparentaram ser dois mísseis de curto alcance, disseram forças militares da Coreia do Sul, menos de uma semana após o líder norte-coreano, Kim Jong Un, supervisionar um teste de disparos de múltiplos foguetes e de um míssil.

Coreia do Norte realiza teste de lançamento de foguetes

Os lançamentos ocorreram enquanto o enviado especial dos Estados Unidos na Coreia do Norte, Stephen Biegun, estava em Seul, capital da Coreia do Sul, para dialogar com o ministro das Relações Exteriores sul-coreano, Kang Kyung-wha, e seu homólogo, o representante nuclear Lee Do-hoon.

Os dois mísseis foram disparados por volta de 04h29 e 04h49 (horário de Brasília), da região noroeste de Kusong, em direção ao leste, informou um comunicado dos Estado-Maior das Forças Armadas sul-coreanas.

Os projéteis cobriram distâncias de 420 e 270 quilômetros, respectivamente, e alcançaram uma altitude de cerca de 50 quilômetros antes de caírem no oceano, disseram os militares.

Analistas afirmaram que era cedo demais para identificar com precisão qual era o tipo dos mísseis.

– Você não sabe qual tipo de míssil é apenas por quão longe voaram – disse Yang Uk, um pesquisador sênior do Fórum de Defesa e Segurança da Coreia.

Tal alcance provavelmente superaria a maioria dos foguetes que a Coreia do Norte disparou no sábado a partir de sua costa leste em direção ao oceano, ampliando a tensão em um momento de impasse nas negociações com os Estados Unidos.

– A Coreia do Norte retornou às suas clássicas táticas de escalada de antes – acrescentou Yang. “Eu acredito que eles vão continuar escalando ao usar o que parecem ser mísseis de curto alcance, algo que não vai causar reação dos EUA de imediato”.

Depois do lançamento desta quinta-feira, forças militares sul-coreanas informaram que reforçaram o monitoramento e a segurança em caso de outro lançamento, além de estarem trabalhando com os Estados Unidos para obter informações adicionais sobre os mísseis envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *