Coreias realizarão novas conversas sobre desnuclearização

Arquivado em: América do Norte, Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 15 de maio de 2018 as 15:01, por: CdB

A reunião terá como foco os planos de implantação de uma declaração emitida após uma cúpula intercoreana em 27 de abril, inclusive as promessas de encerrar formalmente a Guerra da Coreia

Por Redação, com Reuters – de Seul:

Coreia do Norte e Coreia do Sul realizarão novas conversas de alto nível nesta quarta-feira para debater medidas para cumprir o compromisso de desnuclearizar a península coreana, informou o governo sul-coreano.

Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un

A reunião terá como foco os planos de implantação de uma declaração emitida após uma cúpula intercoreana em 27 de abril; inclusive as promessas de encerrar formalmente a Guerra da Coreia e buscar a “desnuclearização completa”; informou o Ministério da Unificação sul-coreano; encarregado das relações com o vizinho do norte, nesta terça-feira.

A Coreia do Norte disse que desativará sua instalação de teste de bombas nucleares entre 23 e 25 de maio; para cumprir sua promessa de encerrar tais testes, segundo a mídia estatal norte-coreana; um mês antes de uma cúpula em planejamento entre o regime e os Estados Unidos em Cingapura.

Trump

O presidente norte-americano, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong Un; se encontrarão no dia 12 de junho, um acontecimento que até recentemente parecia impossível dados os insultos e as ameaças; que os dois trocaram durante o ano passado em meio ao aumento da tensão provocado; pelo empenho incansável de Pyongyang em seus programas nuclear e de mísseis.

Mas Kim Jong Un pediu uma redução da tensão militar em um discurso de Ano Novo, iniciando um arrefecimento rápido da crise.

Os norte-coreanos parecem otimistas com a cúpula; disse o diretor do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA), David Beasley; a repórteres em Seul depois de uma visita à Coreia do Norte.

– Acho que estamos esperançosos. Acho que todos os envolvidos estão esperançosos – disse Beasley quando indagado se os norte-coreanos com os quais se encontrou mencionaram algo sobre a reunião.

Beasley

Beasley, que realizou a visita entre 8 e 11 de maio; disse que agentes do PMA receberam um “acesso inédito” a algumas áreas e tiveram “conversas abertas, sinceras e francas” com autoridades locais.

No domingo, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo; disse que seu país concordará em suspender sanções contra a Coreia do Norte se esta concordar em desmantelar completamente seu programa de armas nucleares; uma medida que criaria uma prosperidade econômica que “rivalizará” com aquela da Coreia do Sul.

No mês passado, Pompeo se tornou a primeira autoridade norte-americana de que se tem conhecimento a se encontrar com Kim; ocasião na qual ajudou a preparar o terreno para a reunião com Trump.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *