Coronavírus: sobe número de mortes na Espanha

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 20 de março de 2020 as 13:13, por: CdB

O Ministério da Saúde da Espanha anunciou nesta sexta-feira que o país atingiu o número de 1.002 mortos em decorrência da infecção pelo novo coronavírus.  

Por Redação, com EFE – de Madri

O Ministério da Saúde da Espanha anunciou nesta sexta-feira que o país atingiu o número de 1.002 mortos em decorrência da infecção pelo novo coronavírus, além de acumular até o momento 19.980 casos de pessoas que sofreram o contágio.

O Ministério da Saúde da Espanha anunciou nesta sexta-feira que o país atingiu o número de 1.002 mortos
O Ministério da Saúde da Espanha anunciou nesta sexta-feira que o país atingiu o número de 1.002 mortos

Do último boletim para o apresentado nesta sexta-feira, houve um aumento de 235 óbitos, o que representa pouco mais de 30% a mais do que a quantidade anunciada ontem pelo governo, que era de 767 vítimas.

Por outro lado, foram registrados 2.883 casos novos de pessoas infectadas pelo patógeno, o que representa crescimento de 16,5% com relação aos dados de ontem, uma cifra menor do que a contabilizada nos últimos dias.

O diretor do Centro de Alertas e Emergências Sanitárias da Espanha, Fernando Simón, pediu, em entrevista coletiva, que a população siga tomando muito cuidado e seguindo as regras de isolamento social impostas pelo governo.

“Os dias difíceis, duros, em que é preciso resistir, vêm agora. Temos que nos conscientizarmos. O impacto que estamos tendo, não se pode aguentar por muito tempo. Temos que contê-lo e controlá-lo o quanto antes”, disse o responsável pelo órgão público.

Falta de atendimento

Questionado sobre denúncia de falta de atendimento a doentes e de materiais em alguns hospitais, Simón disse que são exceções, mas reconheceu que existem unidades de saúde no país que estão trabalhando próximas do limite.

Detenções

Nesta sexta-feira, porta-vozes da polícia e da Guarda Civil anunciaram que na quinta-feira foram realizadas 75 detenções de pessoas que saíram de casa e estavam nas ruas sem motivo justificado, um número maior do que o registrado nos dias anteriores.

As Forças Armadas deslocaram contingentes em 55 diferentes cidades do país, em um total de 6.640 homens e mulheres, que estão dedicados a desinfecção de portos, aeroportos, hospitais, residências de idosos e prisões.