Corpos de imigrantes que tentavam chegar à Espanha aparecem em praias do Mediterrâneo

Arquivado em: Europa, Manchete, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 14 de setembro de 2018 as 10:30, por: CdB

As mortes mais recentes elevam a 1.586 o total de imigrantes mortos no Mediterrâneo neste ano, segundo a Organização Internacional para as Migrações

Por Redação, com Reuters – de Genebra

Os corpos de 21 pessoas que provavelmente eram imigrantes que tentavam chegar à Espanha apareceram em praias do Mediterrâneo neste mês, disse a agência de imigração da Organização das Nações Unidas (ONU) em um comunicado nesta sexta-feira.

Imigrante recebe apoio da Cruz Vermelha após desembarcar em porto italiano

As mortes mais recentes elevam a 1.586 o total de imigrantes mortos no Mediterrâneo neste ano, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Os corpos de nove africanos subsaarianos foram encontrados em 4 de setembro em uma praia perto de Marsa Ben M’Hidi, na província argelina de Tlemcen, a cerca de 200 quilômetros do litoral espanhol.

No dia seguinte mais quatro corpos foram recuperados na praia vizinha de Saidia, que tem vista para a fronteira com o Marrocos.

No dia 10 de setembro os corpos de seis imigrantes, incluindo duas mulheres e uma criança, apareceram nas areias de Driouch, perto de Nador, no Marrocos, disse a OIM.

O corpo de uma mulher foi encontrado na praia de Las Salinas, em Roquetas de Mar, Almería, em 11 de setembro, e o corpo de um jovem africano subsaariano foi recuperado por pescadores perto de La Almadraba, no enclave espanhol de Ceuta, em 13 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *