Correio do RS confirma envio de cartas com veneno aos EUA

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quinta-feira, 15 de maio de 2003 as 16:39, por: CdB

A Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) deverá avaliar nesta quinta-feira medida de segurança para coibir o envio de cartas com ameaças. A decisão foi anunciada depois que a empresa confirmou a presença de pó tóxico em cartas enviadas de Porto Alegre a sete cidades dos Estados Unidos.

Na semana passada, cartas em inglês com mensagens ameaçadoras contendo veneno chegaram a prefeituras e câmaras de comércio de cidades da Califórnia e do Texas, nos EUA. As cartas continham ricinina – um veneno extraído da mamona.

O Departamento de Saúde do Texas informou às autoridades municipais daquele estado, conforme testes iniciais, ter encontrado um pó esverdeado nas cartas enviadas de uma agência dos Correios no centro da capital gaúcha. Até agora, não houve nenhum caso de doença ou ferimento.

Segundo o Conselho de Governos do Arkansas e do Texas, os municípios americanos estão em alerta e as ameaças devem ser levadas a sério. Segundo os exames, a toxina é potente. Se ingerida, inalada ou injetada, pode levar à morte, ocasionando com que as células deixem de processar proteínas. Em Porto Alegre, a Interpol está investigando o caso.