Corte no Orçamento da União, para este ano, produz mais desemprego

Arquivado em: Comércio, Indústria, Negócios, Serviços, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 6 de abril de 2021 as 14:25, por: CdB

O IBGE destacou, no entanto, que o processo seletivo não foi cancelado e informou que avaliará, junto com o Cebraspe, empresa organizadora do concurso, um novo planejamento para aplicação das provas, a “depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico” para este ano.

Por Redação – do Rio de Janeiro

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) decidiu, nesta terça-feira, suspender as provas do processo seletivo para recenseadores e agentes censitários que vão trabalhar no Censo 2021 e, assim, bloquear cerca de 200 mil vagas de emprego. De acordo com o instituto, portanto, as provas não serão mais realizadas nas datas programadas no edital, entre 18 e 25 de abril.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga as estimativas da população brasileira, a cada 10 anos

A decisão de suspender as provas foi tomada, segundo o IBGE, devido ao corte de 96% dos recursos previstos no Orçamento Geral da União para a realização do Censo Demográfico, previsto para este ano.

Concurso

O IBGE destacou, no entanto, que o processo seletivo não foi cancelado e informou que avaliará, junto com o Cebraspe, empresa organizadora do concurso, um novo planejamento para aplicação das provas, a “depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico”.

O concurso para trabalhadores do Censo 2021 oferece cerca de 17 mil vagas para agentes censitários e 182 mil vagas para recenseadores.