Dados pessoais de 120 milhões de usuários do Facebook chegam ao mercado negro

Arquivado em: Destaque do Dia, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado sábado, 3 de novembro de 2018 as 16:03, por: CdB

Os hackers implicados publicaram um anúncio nas redes sociais mas, em seguida, o retiraram.

 

Por Redação, com agências internacionais – de Londres

 

Dados pessoais de usuários do Facebook, acessados por hackers, chegam ao mercado negro ao preço de US$ 0.10 centavos (R$ 0.37) cada. Os pacotes disponíveis contém informações 120 milhões pessoas, contendo até mensagens privadas dos atingidos pela quebra de confidencialidade.

Os hackers esperam faturar milhões de dólares com a venda dos pacotes com dados pessoais de usuários do Facebook
Os hackers esperam faturar milhões de dólares com a venda dos pacotes com dados pessoais de usuários do Facebook

Os hackers implicados publicaram um anúncio nas redes sociais mas, em seguida, o retiraram.
Eles atacaram principalmente usuários da Rússia e da Ucrânia. Assim admitiram os próprios piratas cibernéticos, estabelecidos justamente na Rússia, de acordo com informação do serviço internacional da agência britânica de notícias BBC.

Navegadores

Os hackers disseram aos jornalistas que obtiveram acesso aos dados de usuários graças a extensões maliciosas de navegadores da Internet como Chrome, Opera e Firefox, assim como por extensões de terceiros.

Em resposta, o Facebook disse que não se trata de uma falha de segurança na plataforma, e que já solicitou às autoridades a retirada dos sites que abrigam os dados roubados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *