Daniel Alves diz que Neymar deixou o Barcelona para sair da sombra de Messi

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 29 de janeiro de 2018 as 13:34, por: CdB

O jogador de 25 anos ficou em terceiro lugar, atrás de Messi e de Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, na eleição da Bola de Ouro de 2017

Por Redação, com Reuters – de Madri:

Neymar trocou o Barcelona pelo Paris Saint-Germain para sair da sombra de Lionel Messi e aumentar as chances de o Brasil conquistar a Copa do Mundo deste ano, de acordo com o colega de time e de seleção Daniel Alves.

Neymar se tornou o jogador mais caro do mundo

Neymar se tornou o jogador mais caro do mundo em agosto, ao ser contratado pelo PSG do Barcelona por US$ 276 milhões.

O jogador de 25 anos ficou em terceiro lugar, atrás de Messi e de Cristiano Ronaldo; do Real Madrid, na eleição da Bola de Ouro de 2017.

– Acho que ele (Neymar) está empatado com Messi como jogador mais influente do futebol mundial. Acontece que ele tinha que sair um pouco de sua sombra – disse Daniel Alves em entrevista ao site da Fifa (www.fifa.com).

– Jogar com alguém único como Leo é a coisa mais incrível que pode acontecer com você. Mas sempre existe essa dúvida na sua cabeça se é você que realmente tem qualidade ou se é ele – acrescentou.

– Foi importante para o desenvolvimento do próprio Ney e para o Brasil ele seguir seu próprio caminho.

 PSG

O PSG tem atualmente uma vantagem de 11 pontos na liderança do Campeonato Francês; e Neymar contribuiu com 17 gols e 11 assistências. Segundo Daniel Alves, o principal objetivo de Neymar nesta temporada em seu clube é dar ao PSG seu primeiro título na Liga dos Campeões.

– É nossa meta principal. É nisso que Neymar estava pensando quando saiu do Barça e é nisso que eu estava pensando quando saí da Juventus. É isso que nos motiva – afirmou.

– Estamos prontos para competir, e a questão dessa preparação nos levar à vitória ou à eliminação dependerá de como trabalhamos como time.

O PSG retoma sua campanha europeia no dia 14 de fevereiro; dia da partida de ida da aguardada disputa de oitavas de final contra o Real Madrid, atual detentor do título.

Suárez e Valverde defendem Philippe Coutinho

Contratado por um valor recorde, Philippe Coutinho precisará de tempo para se entrosar no Barcelona; disse o técnico Ernesto Valverde após a estreia discreta do brasileiro como titular da equipe na vitória de 2 a 1 sobre o Alavés, no domingo, pelo Campeonato Espanhol.

Todos os olhos estavam voltados para o jogador de US$ 200 milhões; mas ele foi substituído pelo atacante Paco Alcácer no segundo tempo, quando o Barça buscou a vitória depois de ficar atrás no placar devido a um gol de John Guidetti aos 23 minutos; reagindo graças a Luis Suárez e Lionel Messi.

Coutinho, que jogou no lado direito do meio-campo, se entendeu bem com seus novos colegas. Mas não chegou a causar impacto em sua estreia propriamente dita Camp Nou; ele entrara como substituto na vitória de 2 a 0 de quinta-feira diante do Espanyol na Copa do Rei.

– Jogadores não são máquinas que você pode simplesmente colocar em uma fábrica para começarem a trabalhar na hora – disse Valverde a repórteres, saindo em defesa de Coutinho.

“Achei que ele jogou bem, sempre estava pedindo a bola. Ele tem habilidades importantes; outro dia jogou 20 minutos, hoje jogou um pouco mais, ele está se acostumando ao time aos poucos”.

Suárez, ex-colega de Coutinho no Liverpool, também apoiou o brasileiro.

– Sempre é difícil estrear no Camp Nou na liga. Ele jogou muito bem, tentando participar do jogo; e o time está contente com o que ele fez”.