Defesa aérea da Síria intercepta avião de reconhecimento israelense

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 as 15:11, por: CdB

A cidade de Quneitra fica a apenas 40 quilômetros de Damasco. A parte israelense não comenta sobre o incidente em questão

Por Redação, com Sputnik – de Beirute:

Os sistemas de defesa antiaérea sírios forçaram um avião de reconhecimento israelense a abandonar o espaço aéreo do país, informou a agência síria SANA.

Os sistemas de defesa antiaérea sírios forçaram um avião de reconhecimento israelense a abandonar o espaço aéreo do país

– Os sistemas de defesa antiaérea sírios enfrentaram na quarta-feira; um avião de reconhecimento israelense sobre a cidade de Quneitra, obrigando-o a deixar o espaço aéreo da Síria – comunicou a agência.

A cidade de Quneitra fica a apenas 40 quilômetros de Damasco. A parte israelense não comenta sobre o incidente em questão.

Previamente, o governo sírio advertiu que Israel enfrentará “novas surpresas” caso tente atacar novamente o território da Síria após os mísseis sírios terem derrubado um caça israelense.

– Tenham total confiança que o agressor se surpreenderá muito, já que pensava que esta guerra; de desgaste a qual a Síria esteve exposta há anos; tornou-a incapaz de enfrentar qualquer ataque – declarou o vice-chanceler sírio Ayman Sussan, citado pela agência inglesa de notícias Reuters.

– Eles verão mais surpresas sempre que tentarem atacar a Síria – acrescentou.

Anteriormente, o exército de Israel anunciou ter interceptado um drone iraniano sobre seu território e como resposta atacou instalações militares iranianas na Síria. O país árabe, por sua vez, respondeu com fogo de baterias antiaéreas, acabando por derrubar um avião israelense. A tripulação conseguiu escapar com vida, saltando da aeronave.

A Síria e o movimento libanês xiita, Hezbollah, celebraram a derrubada do F-16 como um golpe à superioridade militar israelense; indica à Reuters. No entanto, segundo a Rádio do Exército de Israel, o erro do piloto foi a causa principal para que o F-16 não conseguisse evitar o míssil que o atingiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *