Del Potro desiste do Aberto dos Estados Unidos

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 14 de agosto de 2019 as 12:01, por: CdB

O número 12 do mundo deixou de jogar em Wimbledon depois que exames revelaram que ele havia fraturado a patela direita, e ele passou por uma operação.

Por Redação, com Reuters – de Nova York/Tóquio

Juan Martin del Potro não competirá neste ano no Aberto dos Estados Unidos, já que o campeão da edição de 2009 continua se recuperando de uma lesão no joelho, disseram os organizadores do torneio na terça-feira.

Juan Martin del Potro durante torneio de Queen’s, em Londres

O argentino voltou a fraturar a patela no ATP de Queen’s, em junho, o contratempo mais recente de uma carreira assolada por lesões.

O número 12 do mundo deixou de jogar em Wimbledon depois que exames revelaram que ele havia fraturado a patela direita, e ele passou por uma operação.

Desde seu triunfo em Flushing Meadows, Del Potro, hoje com 30 anos, fez três cirurgias no pulso esquerdo e outra no direito, mas reagiu todas as vezes e voltou ao circuito.

Ele chegou à final do Aberto dos EUA no ano passado e venceu o Masters 1000 de Indian Wells de 2018, mas disse que a lesão no joelho pode encerrar sua carreira.

Del Potro será substituído na chave principal do último torneio de Grand Slam do ano pelo norte-americano Denis Kudla.

Tóquio 2020

A maratona da Paralimpíada de Tóquio de 2020 começará 30 minutos mais cedo do que o programado, parte dos esforços dos organizadores para lidar com a ameaça do calor a atletas e torcedores na capital japonesa.

Faltando menos de um ano para os Jogos, a capacidade organizacional para lidar com o calor extremo é um dos principais assuntos, especialmente depois que um operário de um canteiro de obras da Tóquio 2020 morreu na quinta-feira, uma insolação é a causa suspeita.

Temperaturas em elevação mataram ao menos 57 pessoas em todo o Japão desde o final de julho, enfatizando o possível risco à saúde de atletas e torcedores.

Embora tenham anunciado toda a programação da Paralimpíada, que vai de 25 de agosto a 6 de setembro, os organizadores disseram que mudanças estão sendo feitas em reação às temperaturas altas, entre elas iniciar a maratona às 6h30.

– Como já se debateu muito, as medidas contra o calor são algo que precisamos levar em consideração. Embora ela seja realizada no final de agosto, ainda estará quente – disse o diretor dos Jogos, Koji Murofushi.

“Do ponto de vista ‘os atletas em primeiro lugar’, o horário de largada da maratona foi adiantado em 30 minutos, das 7h para as 6h30”.

“Para o triatlo, adiantamos a largada das 8h para as 7h30, e para o hipismo, ao acrescentarmos um dia à duração da competição, de quatro para cinco dias, evitamos fazer a competição no momento mais quente do dia.”

Além das temperaturas altas, os organizadores podem ter que lidar com a temporada de tufões japonesa, que é notoriamente devastadora e costuma durar de julho a outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *