Delegada entrega cargo depois de operação contra milícias

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 31 de janeiro de 2020 as 13:41, por: CdB

A operação investiga ligações de policiais da 16ª DP com a milícia que atua na região de Rio das Pedras e Muzema, na Zona Oeste da cidade.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

O secretário estadual de Polícia Civil do Rio de Janeiro, Marcus Vinícius Braga, exonerou a delegada Adriana Belém do cargo de titular da Delegacia da Barra da Tijuca (16ª DP), a pedido da própria policial.

A delegada Adriana Belém do cargo de titular da Delegacia da Barra da Tijuca (16ª DP), a pedido da própria policial
A delegada Adriana Belém do cargo de titular da Delegacia da Barra da Tijuca (16ª DP), a pedido da própria policial

A delegada entregou seu cargo devido à Operação Intocáveis 2, desencadeada na quinta-feira pelo Ministério Público (MP). Segundo nota da Polícia Civil, a decisão de entregar o cargo foi tomada por Adriana Belém para garantir a lisura das investigações conduzidas na 16ª DP.

A operação

A operação investiga ligações de policiais da 16ª DP com a milícia que atua na região de Rio das Pedras e Muzema, na Zona Oeste da cidade. Mais de 30 pessoas foram presas, entre elas o chefe de investigações da delegacia, Jorge Luiz Camillo Alves.

Nas investigações, o MP encontrou conversas telefônicas entre Alves e Ronnie Lessa, que foi preso acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *