Desembargador dá prazo de uma hora para soltar Lula

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado domingo, 8 de julho de 2018 as 20:10, por: CdB

Para o magistrado, a decisão não fere atos anteriores que negaram a liberdade ao ex-presidente. Favreto destacou que o juiz federal Sérgio Moro não tem mais competência para questionar decisões no processo

Por Redação, com ABr – de Brasília:

O desembargador Rogério Fraveto, do Tribunal Regional Federal (TRF) da Quarta Região, reiterou novamente a decisão de mandar soltar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após pedido de reconsideração feito pelo Ministério Público Federal (MPF). Favreto determinou ainda que Lula seja solto em até uma hora.

Luiz Inácio Lula da Silva

Para o magistrado, a decisão não fere atos anteriores que negaram a liberdade ao ex-presidente. Favreto destacou que o juiz federal Sérgio Moro não tem mais competência para questionar decisões no processo.

– A decisão em tela não desafia atos ou decisões do colegiado do TRF-IV e nem de outras instâncias superiores. Muito menos decisão do magistrado da 13ª Vara Federal de Curitiba, que sequer é autoridade coatora e nem tem competência jurisdicional no presente feito.