Deslizamentos deixam mortos na Califórnia

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 10 de janeiro de 2018 as 10:16, por: CdB

Fortes tempestades atingiram a região na madrugada de terça, depois que milhares de moradores do distrito de Santa Barbara foram convocados a se retirar

Por Redação, com Reuters – de Los Angeles:

Deslizamentos de lama e rochas mataram ao menos 15 pessoas em comunidades ao longo do litoral da Califórnia, em uma região devastada por uma série de incêndios florestais que destruíram a vegetação dos morros no mês passado.

Equipe de emergência trabalha para resgatar sobrevivente em casa desmoronada na Califórnia, Estados Unidos

Fortes tempestades atingiram a região na madrugada de terça, depois que milhares de moradores do distrito de Santa Barbara foram convocados a se retirar ou a deixar a área voluntariamente, alguns pela segunda vez desde dezembro.

Entretanto, apenas entre 10 e 15 por cento dos moradores cumpriram as ordens obrigatórias; disse uma porta-voz do Departamento de Incêndios do distrito de Santa Barbara.

Funcionários de emergência usando cães de busca e helicópteros resgataram dezenas de pessoas ilhadas em meio a destroços cobertos de lama em uma área normalmente intacta; entre o oceano e a floresta nacional Los Padres, cerca de 177 km ao norte de Los Angeles.

A região litorânea, que fica localizada entre o oceano e a extensa Floresta Nacional de Los Padres; é lar de celebridades como Oprah Winfrey e Ellen DeGeneres; que aproveitam sua beleza natural e a proximidade com Los Angeles.

Mas as encostas arborizadas que davam aos moradores da região uma sensação de isolamento foram destruídas por incêndios de grande proporção no ano passado; enfraquecendo a proteção natural das montanhas contra as chuvas.

Mortes

O número de mortes pode aumentar, uma vez que as equipes de resgate ainda reviram dezenas de casas danificadas; e derrubadas em busca de sobreviventes, disse o xerife do distrito de Santa Barbara, Bill Brown.

Em um momento na terça-feira, ao menos 24 pessoas estavam desaparecidas. Mas, em seguida no mesmo dia, Brown disse que não era claro quantas dessas pessoas já tinham sido localizadas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *