Detran freia contaminação da covid-19 entre motoristas profissionais

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 26 de maio de 2020 as 13:55, por: CdB

Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, os profissionais de trânsito estão na linha de frente dos serviços essenciais. No Rio, pelo menos 22 motoristas de ônibus e 30 taxistas já morreram em decorrência da doença.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, os profissionais de trânsito estão na linha de frente dos serviços essenciais. No Rio, pelo menos 22 motoristas de ônibus e 30 taxistas já morreram em decorrência da doença, segundo representantes de suas categorias. Por isso, foi lançada a campanha “Detran em Ação – Todos Contra o Corona”. Equipes da Coordenadoria de Educação para o Trânsito do Departamento orientam sobre a necessidade dos profissionais seguirem as recomendações das autoridades de saúde, além da melhor maneira de higienizar cada tipo de veículo, e ainda distribuem kits com álcool 70% e máscaras faciais.

Detran.RJ freia contaminação da covid-19 entre motoristas profissionais
Detran.RJ freia contaminação da covid-19 entre motoristas profissionais

Na última semana, os agentes do Detran.RJ estiveram no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, e na Rocinha. Motoristas de ônibus, de aplicativos, de transporte complementar (vans) e motofretistas receberam orientações sobre como se protegerem e resguardarem também a saúde de passageiros e clientes.

–  Muitas pessoas não se dão conta que para o delivery chegar em casa, o enfermeiro chegar ao hospital ou os alimentos chegarem aos mercados, muitos profissionais precisam se arriscar todos os dias nas ruas do estado. Valorizamos e nos preocupamos com estes motoristas e motociclistas que saem para que muitos fiquem em casa. Mas eles também precisam se proteger para que não sejam infectados ou levem o vírus para suas casas – lembrou o presidente do Detran.RJ, Marcello Braga Maia.

Campanha

A campanha começou na última semana com orientações para taxistas e caminhoneiros na Ceasa, em Irajá, e vai acontecer durante todo o mês de maio para contemplar profissionais que estão nas ruas se ariscando para colaborar com todos que podem ficar em casa durante a pandemia.

Cerca de 650 kits foram distribuídos nos dois dias. A ação é uma parceria com o Instituto Federal do Rio de Janeiro que produziu o álcool, enquanto o Detran.RJ disponibilizou os frascos para o envasamento e as máscaras para completar o cuidado integral.

O coordenador de Educação para o Trânsito do departamento, Allan Borges, chamou atenção para as pequenas medidas que podem salvar vidas.

– Tomar algumas atitudes no dia a dia, como lavar bem as mãos, fazer uso de álcool em gel, manter o distanciamento das pessoas e higienizar o volante ou o guidão ajudam muito a controlar o risco de contaminação. Entregadores, por exemplo, precisam pedir aos clientes para usarem álcool em gel antes e depois de usarem as máquinas de cartões. Setas e marchas também precisam ser higienizadas nos veículos. Precisamos massificar estas informações – reforçou Allan.

O motofretista Leandro Andrade Ferreira, que trabalha entregando medicamentos para uma farmácia de São Conrado, elogiou a ação do Detran.

– Meu trabalho não pode parar porque as pessoas precisam de remédios. Eu já tomava algumas atitudes para me proteger e proteger os clientes, mas saber como posso melhorar isso é ótimo – disse.

O Detran.RJ produziu também um manual digital com dicas de pequenos hábitos para que cada categoria saiba como se proteger. Todo o material está disponível no site www.detran.rj.gov.br ou nas redes sociais do departamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *