Diego Costa será julgado na Espanha por fraude fiscal

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 29 de maio de 2020 as 12:48, por: CdB

O atacante do Atlético de Madri Diego Costa será julgado em 4 de junho por fraude fiscal em 2014, de acordo com processo divulgado nesta sexta-feira, no qual os promotores pedem seis meses de prisão e multa de 507.208 euros ao jogador brasileiro naturalizado espanhol.

Po Redação, com Reuters – de Madri

O atacante do Atlético de Madri Diego Costa será julgado em 4 de junho por fraude fiscal em 2014, de acordo com processo divulgado nesta sexta-feira, no qual os promotores pedem seis meses de prisão e multa de 507.208 euros ao jogador brasileiro naturalizado espanhol.

Atacante Diego Costa
Atacante Diego Costa

Segundo o documento, Diego Costa fraudou o Estado espanhol em 1.014.416 euros ao não declarar pagamentos de 5.150.622 euros de sua transferência de 2014 do Atlético para o Chelsea na declaração de impostos, além de mais de 1 milhão de euros em direitos de imagem.

Sentença de prisão

O documento acrescentou que a sentença de prisão pode ser trocada por multa adicional de 36,5 mil euros, de acordo com a lei espanhola, que permite que penas inferiores a dois anos por crimes não violentos sejam trocadas por uma penalidade financeira.

Diego Costa, de 31 anos, que retornou ao Atlético do Chelsea em 2017, não foi encontrado imediatamente para comentar.

Os promotores espanhóis venceram uma série de casos contra jogadores e treinadores de alto nível por fraude fiscal nos últimos anos, incluindo Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e José Mourinho.

Campeonato Inglês

A temporada do Campeonato Inglês recomeçará no dia 17 de junho se todas as exigências de segurança estiverem em vigor, anunciou a liga na quinta-feira, depois de uma reunião com todos os 20 clubes.

A competição será retomada com os jogos Aston Villa x Sheffield United e Manchester City x Arsenal. O final de semana de 19 a 21 de junho terá uma tabela de jogos normal, mas sem público.

Como as restrições à exibição das partidas às 15h de sábado foram anuladas, a liga disse que todos os 92 embates restantes serão transmitidos ao vivo no Reino Unido pelas parceiras existentes Sky Sports, BT Sport, BBC Sport e Amazon Prime.

A BBC, que normalmente se limita aos destaques da rodada, exibirá jogos do Campeonato Inglês ao vivo pela primeira vez desde que os times da elite do futebol inglês romperam com a Liga de Futebol em 1992. A rede pública terá quatro jogos.

O canal por assinatura Sky Sports transmitirá 64 das partidas remanescentes, mas 25 delas passarão em canais abertos.

O Campeonato Inglês foi suspenso no dia 13 de março por causa da epidemia do novo coronavírus, mas os time voltaram a treinar em grupos pequenos na semana passada, e na quarta-feira votaram unanimemente pela volta dos treinos com contato físico, incluindo disputas de bola.

Se não retomasse a temporada, a liga poderia perder o equivalente a US$ 921,75 milhões em receitas de transmissão, de acordo com estimativas da mídia britânica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *