Disco autografado por Lennon para seu assassino vai à venda

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 29 de novembro de 2003 as 11:51, por: CdB

O disco Double Fantasy que John Lennon autografou para Mark Chapman, horas antes de ser morto por ele, vai ser posto à venda, por 525 mil dólares (cerca de R$ 1,5 milhões).

O ex-beatle assinou o autógrafo para Chapman ao sair de sua casa em Nova York, no dia 8 de dezembro de 1980. Ao voltar, cinco horas depois, ele levou quatro tiros nas costas.

O disco foi encontrado pelo atual dono na entrada do prédio Dakota, onde Lennon morava. Para realizar a transação, ele está usando a empresa americana, Moments in Time, especializada na venda de autógrafos.

O álbum, gravado por Lennon junto com a esposa Yoko Ono, foi seu último lançado em vida. A cópia de Chapman teve as impressões digitais dele realçadas pela polícia, na capa.

O porta voz da Moments in Time, Bob Zafian, disse: “Estamos ansiosos para trazer esta peça histórica para o mercado.”

“Nunca tive acesso a uma peça com tantas referências, como relatórios policiais, documentação de impressões digitais e cartas do procurador público.”

O disco foi usado como evidência no julgamento de Chapman, que foi condenado à prisão perpétua. Ele teve seu pedido de liberdade condicional negado pela segunda vez, em outubro de 2001.

Chapman disse ter ouvido uma voz em sua cabeça que o instruiu a matar John Lennon.