Distribuição de bolinhos da prosperidade comemora ano-novo em SP

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 31 de dezembro de 2019 as 11:30, por: CdB

Para comemorar o ano-novo, a Liberdade, bairro de São Paulo que tem grande concentração de japoneses, promoveu o 49º Moti Tsuki Matsuri ou Festival do Bolinho da Prosperidade.

Por Redação, com ABr – de São Paulo

Para comemorar o ano-novo, a Liberdade, bairro de São Paulo que tem grande concentração de japoneses, promoveu o 49º Moti Tsuki Matsuri ou Festival do Bolinho da Prosperidade. O evento, organizado pela Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (ACAL), acontece a partir das 8h da manhã desta terça-feira, na Praça da Liberdade-Japão, no centro da capital paulista.

Feito de arroz, o Moti é tradição nas festas de final de ano no Japão
Feito de arroz, o Moti é tradição nas festas de final de ano no Japão

O evento marca a virada do ano no Japão, que acontece antes do Brasil por causa da diferença do fuso horário.

O evento

Durante o Moti Tsuki Matsuri foi distribuído o Moti, o bolinho de arroz símbolo da prosperidade, tradicional nas festas de final de ano no Japão. Serão distribuídos gratuitamente  dois bolinhos, um branco e outro vermelho, que simbolizam a paz a e a felicidade. A intenção é que 20 mil pessoas recebam o bolinho da prosperidade. Também serão distribuídas três mil tigelas de Ozooni, uma espécie de sopa de Moti, que tem como significado o pedido de afastamento de todos os males e prosperidade para o ano-novo.

Para marcar a celebração, foi feita a demonstração de como se faz o Moti, com autoridades e voluntários socando,  amassando e preparando o Motigome (tipo de arroz utilizado) em pilão de pedra, unindo os grãos já cozidos até formar uma massa uniforme e consistente.

– Assim é nossa vida. Unidos, criamos consistência e ficamos mais fortes para vencer as batalhas do dia a dia. Essa é a representação do Moti na cultura japonesa – disse Hirofumi Ikesaki, presidente da ACAL.

Em uma cerimônia xintoísta, o público terá ainda a possibilidade de agradecer pelas dádivas recebidas ao longo do ano vivido e de pedir bênçãos para o próximo ciclo que se iniciará.