Divulgação de resultados no Caucus de Iowa atrasa e festa vira um fiasco

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 4 de fevereiro de 2020 as 11:58, por: CdB

A votação é a primeira para definir quem deve competir com o candidato republicano no pleito à Casa Branca. “Foi um desastre total.

Por Redação, com ANSA – de Des Moines, EUA

O Estado de Iowa abriu oficialmente na segunda-feira o calendário das primárias para as eleições presidenciais norte-americanas. No entanto, o “Caucus” do Partido Democrata resultou em uma enorme confusão e, até agora, não se sabe quem ganhou.

Democratas participam de caucus em Garnavillo, em Iowa
Democratas participam de caucus em Garnavillo, em Iowa

O líder do Partido Democrata em Iowa, Troy Price, declarou tarde da noite que os resultados sairiam apenas nesta terça devido a “inconsistências” na apuração.

A votação é a primeira para definir quem deve competir com o candidato republicano no pleito à Casa Branca. “Foi um desastre total. Nada funcionou, igual a como eles governaram o país”, criticou o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, do Partido Republicano, que tentará a reeleição.

Contabilizar os votos

Ironizando a confusão, Trump reivindicou a vitória em Iowa. “A única pessoa que pode reivindicar uma grande vitória em Iowa na noite passada é Trump”, escreveu o presidente, em seu perfil no Twitter. O diretor de campanha de Trump, Brad Parscale, disse que a situação como um colapso democrata. “Eles não conseguem nem administrar um caucus e querem comandar o governo. Não, obrigado”, afirmou.

Os democratas disseram que houve um problema na hora de contabilizar os votos em um software usado pelo partido. O pré-candidato Pete Buttigieg chegou a proclamar a própria vitória com base em números que seus partidários diziam ter apurado em 83% dos centros de votação.

Já os pré-candidatos Bernie Sanders e Elizabeth Warren garantiram ter ultrapassado o patamar mínimo de 15% dos votos.

Chamado de Caucus, o sistema eleitoral das primárias de Iowa funciona em etapas. Na primeira, cada eleitor aponta seu candidato preferido. Os que ficarem com menos de 15% dos votos são eliminados da disputa. Depois, os eleitores votam novamente, escolhendo os candidatos remanescentes.

O processo vai se repetindo até que não haja mais ninguém com menos de 15% dos votos. Por fim, o número de delegados representantes do partido com direito a voto na convenção nacional é dividido proporcionalmente entre os vencedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *