Donald Trump diz que defensores de inquérito sobre Rússia tentaram tomar poder ilegalmente

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 29 de março de 2019 as 10:43, por: CdB

Trump disse que os EUA foram “feridos” pelo inquérito, e chamou seus oponentes de “perdedores”, ao comemorar o fato de a investigação ter terminado.

Por Redação, com Reuters – de Washington

Em seu primeiro comício político desde o final do inquérito sobre um suposto conluio com a Rússia, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou os apoiadores da investigação de tentarem anular a eleição de 2016 e tomar o poder “ilegalmente”.

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante comício em Grand Rapids, Michigan

Trump disse que os EUA foram “feridos” pelo inquérito, e chamou seus oponentes de “perdedores”, ao comemorar o fato de a investigação ter terminado.

– Depois de três anos de mentiras e calúnias e difamação, a farsa da Rússia está finalmente morta. O delírio sobre um conluio acabou – disse Trump, na quinta-feira, a uma multidão de milhares de pessoas na área de Grand Rapids, em Michigan.

– A caça às bruxas da Rússia foi um plano daqueles que perderam a eleição para tentar retomar o poder ilegalmente incriminando norte-americanos inocentes, muitos deles, eles sofreram, com uma farsa elaborada – afirmou.

Justiça

No domingo, o secretário de Justiça e procurador-geral dos EUA, William Barr, divulgou um sumário do relatório de mais de 300 páginas do procurador especial Robert Mueller sobre sua investigação a respeito do papel russo na eleição de 2016, que não determinou que membros da equipe de campanha de Trump conspiraram com a Rússia durante a eleição.

As conclusões animaram o presidente e seu círculo íntimo, que passaram os dois primeiros anos de seu governo sob uma nuvem de suspeita sobre como o empresário de Nova York e novato político conquistou a Casa Branca.

Com a nuvem quase dissipada, Trump se lançou ao ataque, questionando aqueles que apoiaram a investigação e mencionando atos maléficos de traição de seus adversários.

Trump voltou ao tema no comício, atacando a mídia e os democratas e pedindo responsabilização.

– Estas são pessoas doentes, e tem que haver responsabilização porque são mentiras e eles sabem que são mentiras – disse.

Para ele, o comício encerrou uma semana de comemoração dos resultados da investigação, que qualificou diversas vezes como uma “caça às bruxas”, e de inquietação com suas origens.

Em seu relatório, Mueller não esclareceu se Trump cometeu obstrução da justiça impedindo o inquérito sobre a Rússia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *