Donald Trump diz que OMS é centrada na China e cometeu erros sobre coronavírus

Arquivado em: América do Norte, Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 7 de abril de 2020 as 14:47, por: CdB

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou duramente a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira, acusando-a de se concentrar demais na China.

Por Redação, com Reuters – de Washington

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou duramente a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira, acusando-a de se concentrar demais na China e de dar orientações equivocadas durante a pandemia de coronavírus.

Presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump

– A OMS realmente estragou tudo – disse Trump em publicação no Twitter. “Por alguma razão, financiada em grande parte pelos Estados Unidos, mas muito centrada na China. Daremos uma boa olhada nisso. Felizmente, rejeitei o conselho deles de manter nossas fronteiras abertas à China desde o início. Por que eles nos deram uma recomendação tão falha?”

A OMS não respondeu a um pedido de comentário da Reuters.

Em 31 de janeiro, a agência de saúde da Organização das Nações Unidas (ONU) aconselhou os países a manter as fronteiras abertas, apesar do surto, embora tenha observado que os países tinham o direito de tomar medidas para tentar proteger seus cidadãos. Nesse mesmo dia, o governo Trump anunciou restrições às viagens vindas da China.

Os conservadores

Os conservadores norte-americanos vêm criticando cada vez mais a OMS durante a pandemia global, dizendo que a organização se baseia em dados falhos da China sobre o surto de coronavírus.

Na semana passada, o senador republicano Marco Rubio pediu a renúncia do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, dizendo que “ele permitiu que Pequim usasse a OMS para enganar a comunidade global”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *