Eclipse desta sexta-feira mostra a Lua de Sangue em todo o país

Arquivado em: Energia, Meio Ambiente, Últimas Notícias, Universo
Publicado quinta-feira, 26 de julho de 2018 as 12:57, por: CdB

A cor avermelhada na Lula vem de uma interação dos raios de sol ao entardecer com a atmosfera da Terra.

 

Por Redação, com Ansa – de São Paulo

 

O Brasil verá o eclipse lunar mais longo do século XXI na noite desta sexta-feira. O fenômeno, que nesse caso deixará a Lua escurecida, em tons de marrom ou avermelhado, recebe o nome de “Lua de Sangue”.

A Lua de Sangue é um fenômeno atmosférico, visível no entardecer
A Lua de Sangue é um fenômeno atmosférico, visível no entardecer

A cor vem de uma interação dos raios de sol ao entardecer com a atmosfera da Terra. Devido à previsão de tempo estável e pouca nebulosidade, o espetáculo poderá ser visto de todas as regiões do Brasil, mas não em sua totalidade.

Umbra

Não será possível observar as fases iniciais do eclipse, porque, quando a Lua estiver surgindo no horizonte, já estará na fase principal, totalmente eclipsada. Esse será o eclipse mais longo deste século, com a Lua na umbra da Terra por 1h42min57s. Quando isso ocorre, a Lua entra na chamada zona de “umbra” (ou sombra), ou “penumbra” da Terra e fica totalmente ou parcialmente invisível durante alguns minutos.

Por outro lado, o tempo total de fases visíveis do eclipse no Brasil pode chegar a três horas, já que, após a fase totalmente eclipsada, seguem o eclipse penumbral e o eclipse parcial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *