Ecos de um locaute fascista na cena política nacional

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sábado, 2 de junho de 2018 as 15:48, por: CdB

A culpa de tudo está mesmo na corrupção dos políticos. Um mal que a “intervenção militar” eliminaria pela raiz. Só que essa raiz está no mercado; cujas empresas disputam entre si.

 

Por Val Carvalho – do Rio de Janeiro

 

“Se acabar com a corrupção acabam os problemas do país”. Ideia muito próxima daquela não mais assumida atualmente, de que “basta tirar Dilma que tudo vai melhorar”.

Acabei de ver um vídeo de um grande empresário fascista do Sul do país, dono de 10 mil caminhões, afirmando que o “movimento não foi de caminhoneiros”; mas de 99% da população. Para tirar os ladrões Temer e seus ministros e a maioria corrupta do Congresso; inclusive do Judiciário.

Val Carvalho é articulista do Correio do Brasil
Val Carvalho é articulista do Correio do Brasil

O fascismo brasileiro concentra seus ataques na corrupção dos políticos e na esquerda; mas não diz uma palavra sequer do que fará com a economia do país. É como se esta fosse um mero detalhe, que seria entregue a técnicos do mercado; aos que “entendem” do assunto. Pois Bolsonaro e os militares não têm a menor ideia de como administrar a economia de um país enorme e complexo como o Brasil.

Ditadura fascista

A culpa de tudo está mesmo na corrupção dos políticos. Um mal que a “intervenção militar” eliminaria pela raiz. Só que essa raiz está no mercado; cujas empresas disputam entre si, por meio da corrupção, as fatias do orçamento público. Ou seja, a corrupção continuaria…

Quanto aos “incorruptíveis” militares não podemos esquecer que os três maiores símbolos de corrupção do país, Maluf, Sarney e ACM foram todos crias da ditadura militar. E de seus leais servidores.

Val Carvalho é articulista do Correio do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *