EI criou sistema eficiente para compra de material explosivo, diz ONU

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 4 de setembro de 2018 as 13:31, por: CdB

À agência da ONU é especializada em combate ao tráfico de drogas, armas, crime organizado, tráfico humano e terrorismo internacional

Por Redação, com Sputnik – de Beirute

O grupo terrorista Daesh conseguiu criar um sistema eficiente para aquisição de substâncias químicas, declarou nesta terça-feira a representante do departamento de prevenção ao terrorismo no Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNDOC), Olga Lanchenko.

O grupo terrorista Daesh conseguiu criar um sistema eficiente para aquisição de substâncias químicas

À agência da ONU é especializada em combate ao tráfico de drogas, armas, crime organizado, tráfico humano e terrorismo internacional.

– A escala do uso de explosivos de fabricação própria está aumentando. Sabemos que Daesh criou um sistema eficiente de aquisição de substâncias químicas e de outros componentes de explosivos. (O grupo) está produzindo explosivos em escalas sem precedentes – declarou Lanchenko, ao discursar durante a conferência internacional dedicada ao combate ao tráfico de armas e suas conexões com o terrorismo e crime realizada em Moscou.

– Existem pesquisas que demonstram o envolvimento de 50 empresas de 20 países em fornecimento de componentes de explosivos de fabricação própria ao Daesh – acrescentou a especialista da ONU.

Defesa antiaérea síria

Diversas explosões foram ouvidas nesta terça-feira nos arredores da cidade de Hama, na Síria, informou a agência de notícias estatal SANA.

– Sons de algumas explosões foram ouvidos na área de Wadi al-Uyoun, nos arredores de Hama – informou o correspondente da agência síria.

– As primeiras informações recebidas apontam para uma agressão – informou SANA.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos também informou à agência inglesa de notícias Reuters que as explosões foram ouvidas na área entre Masyaf e Wadi al-Uyoun, nos arredores da cidade de Hama.

Momentos depois, SANA informou se tratar de um ataque de mísseis de Israel, repelido com sucesso pela defesa antiaérea síria.

– A defesa antiaérea síria abateu alguns mísseis, lançados por aeronaves israelenses contra Wadi al-Uyoun, nos arredores de Hama – informou a agência que conta com um correspondente no local.

Segundo as fontes da agência, um total de cinco mísseis foi interceptado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *