Elevadores e escadas rolantes do Rio Cidade Bangu voltam a funcionar

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021 as 13:22, por: CdB

A prefeitura do Rio, por meio da secretaria municipal de Infraestrutura e a Rioluz, fizeram obras de modernização das escadas rolantes e elevadores, além de intervenções pontuais na cobertura do Rio Cidade Bangu, na Zona Oeste.

Por Redação, com ACS – do  Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio, por meio da secretaria municipal de Infraestrutura e a Rioluz, fizeram obras de modernização das escadas rolantes e elevadores, além de intervenções pontuais na cobertura do Rio Cidade Bangu, na Zona Oeste. Em suas redes sociais, o prefeito Eduardo Paes comemorou o trabalho de recuperação.

As escadas rolantes passaram por processo de modernização

– Medidas simples, mas que mudam o dia a dia da cidade. Escadas rolantes e elevador do calçadão de Bangu voltando a funcionar.

Além de modernizar, a obra corrigiu falhas no equipamento, principal forma de passagem e acesso à estação de trem no Calçadão de Bangu.

– O local é um importante polo comercial do bairro e precisa desse local moderno e acessível – conta Kátia Souza, secretária de Infraestrutura.

Projeto da Rioluz

O projeto da Rioluz reparou e renovou três escadas rolantes e dois elevadores, além da manutenção preventiva e corretiva, a substituição completa de todo o esteirão de sustentação dos 107 degraus das escadas rolantes, dos corrimãos, instalação de quatro bombas para drenagem de água das casas de máquinas, substituição das portas de cabine dos elevadores e construção de alteamento de 1,20m do chão para as escadas, afim de evitar danos causados por acumulo de água durante chuvas.

– Centenas de pessoas passam por essa estação e continuaremos de olho para realizar manutenção preventiva e não deixar a população desassistida – declara Bruno Bonetti,  presidente da Rioluz.

Por parte da Infraestrutura, por meio da Coordenadoria Geral de Projetos e da RioUrbe, foram retiradas as telhas e calhas que colocavam a população em risco e em breve haverá uma licitação para um novo projeto para a cobertura local.

Bilhete Único

Em decreto assinado pelo prefeito Eduardo Paes, publicado na edição de terça-feira do Diário Oficial, a prefeitura muda as regras do uso do Bilhete Único do município. A partir de agora, o usuário poderá viajar em até três ônibus convencionais ou qualquer outro meio do modal de transporte (vans, VLT, etc), no intervalo de 2h30, caso haja paralisação no serviço do BRT.

O decreto nº 48.506 altera o artigo 5º do decreto nº 44.728, que regulamenta a lei que instituiu o Bilhete Único no município do Rio. De acordo com o texto, a mudança visa manter a mobilidade urbana da cidade. Vale ressaltar que as três viagens no período de 2h30 somente serão permitidas em casos de greve no BRT, legitimamente amparada pela legislação vigente. No dia a dia, está mantida a regra de duas viagens no mesmo intervalo de tempo.