Embaixada dos EUA na Turquia é alvo de tiros

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 20 de agosto de 2018 as 09:59, por: CdB

O ataque acontece no momento em que uma disputa entre os dois países sobre o julgamento de um pastor norte-americano na Turquia se aprofunda

Por Redação, com Reuters – de Ancara

Em um momento de relações tensas entre Turquia e Estados Unidos, diversos tiros foram disparados de um veículo contra a embaixada norte-americana na capital turca nesta segunda-feira, sem deixar nenhum ferido.

Marcas de tiros em janela da embaixada dos EUA na Turquia

O ataque acontece no momento em que uma disputa entre os dois países sobre o julgamento de um pastor norte-americano na Turquia se aprofunda.

Foram disparados seis tiros contra o portão de segurança da embaixada de um veículo branco em movimento por volta de 5h30 da manhã (horário local), com três balas atingindo uma porta de ferro e uma janela, informou o gabinete do governador de Ancara em comunicado.

A embaixada está fechada nesta semana devido ao feriado que marca o festival islâmico Eid al-Adha.

– Podemos confirmar que um incidente de segurança aconteceu na embaixada dos Estados Unidos no início desta manhã. Não temos relatos de qualquer ferido e estamos investigando os detalhes – disse o porta-voz da embaixada, David Gainer. “Agradecemos à Polícia Nacional da Turquia por sua rápida resposta”.

Imagens da emissora Haberturk mostraram policiais inspecionando uma das entradas da embaixada, onde danos aparentemente causados por tiros podiam ser vistos em uma janela.

O porta-voz do presidente turco, Tayyip Erdogan, condenou o ataque e disse, em publicação no Twitter, que o incidente está sendo investigado. “Essa é uma clara tentativa de criar caos”, disse o porta-voz Ibarahim Kalin. “A Turquia é um país seguro e todas as missões internacionais estão sob a garantia das leis”.

No passado, a embaixada dos Estados Unidos em Ancara e o consulado em Istambul já foram alvo de ataques militantes e enfrentaram diversas ameaças de segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *