Erupção de vulcão deixa mortos na Guatemala

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo
Publicado segunda-feira, 4 de junho de 2018 as 11:10, por: CdB

Em sua segunda erupção neste ano, Vulcão de Fogo obriga milhares de pessoas a deixarem suas casas. Dezenas ficam feridas. Colunas quilométricas de cinzas chegam até a capital do país

Por Redação, com DW – da Cidade da Guatemala:

Pelo menos 25 pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas em consequência da erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala, segundo balanço divulgado na noite de domingo por autoridades guatemaltecas.

Centenas de funcionários de equipes de resgate foram acionados após erupção

A Agência de Gestão de Desastres da Guatemala detalhou que quatro pessoas morreram quando a lava incendiou uma casa; e duas crianças morreram ao assistirem à erupção de uma ponte.

De acordo com as autoridades, 3,1 mil pessoas das comunidades próximas foram retiradas de suas habitações devido à queda de cinzas; que atingiram uma área onde vivem cerca de 1,7 milhão de pessoas.

Vulcão de Fogo

A erupção do Vulcão de Fogo, que se iniciou no domingo; é a mais forte dos últimos anos e provocou espessas colunas de cinzas que sobem até cerca de 10 mil metros de altura e caem depois num raio alargado. As cinzas estão chegando até a Cidade da Guatemala, localizada a cerca de 40 quilômetros do vulcão. O aeroporto da capital guatemalteca teve de ser fechado.

O presidente da Guatemala, Jimmy Morales, anunciou que pretende declarar o estado de emergência, sujeito à aprovação do Congresso; e pediu aos cidadãos que fiquem atentos aos avisos das autoridades de emergência.

Centenas de funcionários de equipes de resgate, incluindo bombeiros; policiais e soldados, trabalharam para recuperar corpos em meio à lava ainda fumegante. As operações de resgate; porém, foram suspensas até a manhã desta segunda-feira devido ao mau tempo e a condições perigosas. Imagens divulgadas pela imprensa local mostram paisagens carbonizadas nos locais onde correntes de lava entraram em contato com casas.

– Atualmente, o vulcão continua em erupção e existe um alto potencial para avalanches de detritos (fluxo piroclástico) – escreveu a Agência de Gestão de Desastres no Twitter, citando Eddy Sanchez; diretor do Instituto de Sismologia e Vulcanologia (Insivumeh) guatemalteco. Segundo Sanchez, as correntes de lava atingiram temperaturas de cerca de 700 graus Celsius.

O vulcão, de 3.763 metros de altura, situa-se nas regiões de Escuintla, Chimaltenango e Sacatepéquez, a oeste da capital da Guatemala. O Vulcão de Fogo é um dos mais ativos da América Central. Esta é a segunda erupção do Vulcão de Fogo neste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *