Estado do Rio registra 190 casos de febre amarela

Arquivado em: Saúde, Últimas Notícias, Vida & Estilo
Publicado quarta-feira, 28 de março de 2018 as 14:21, por: CdB

O município com maior número de casos e mortes é Angra dos Reis, com 48 registros da doença e 14 óbitos. Em seguida, aparecem Teresópolis (21 casos e oito mortes)

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

O Estado do Rio de Janeiro já registrou 190 casos de febre amarela silvestre em humanos este ano em 25 municípios. Segundo a Subsecretaria Estadual de Vigilância em Saúde, 69 pacientes morreram, ou seja, uma morte a cada 2,75 casos.

O Estado do Rio de Janeiro já registrou 190 casos de febre amarela

O município com maior número de casos e mortes é Angra dos Reis, com 48 registros da doença e 14 óbitos. Em seguida, aparecem Teresópolis (21 casos e oito mortes), Valença (23 casos e seis óbitos), Nova Friburgo (15 casos e cinco mortes), Duas Barras (14 casos e duas mortes), Sumidouro (12 casos e cinco mortes), Cantagalo (sete casos e quatro mortes), Rio das Flores (cinco casos e duas mortes) e Barra do Piraí (cinco casos e uma morte).

Mais vítimas e óbitos

Também foram registrados casos e mortes nos municípios de Engenheiro Paulo de Frontin e Trajano de Moraes (quatro casos e três mortes, cada); Paty do Alferes e Silva Jardim (quatro casos e duas mortes, cada); Miguel Pereira e Vassouras (três casos e duas mortes, cada); Cachoeiras de Macacu e Rio Claro (três casos e uma morte, cada); Carmo, Maricá; Mangaratiba e Piraí (dois casos e uma morte, cada); e Paraíba do Sul e Sapucaia (um caso e uma morte, cada).

Em Petrópolis e Bom Jardim, houve um caso em cada município, mas sem mortes. Também foram confirmadas 11 mortes em macacos; por febre amarela em Niterói, Angra dos Reis (Ilha Grande); Barra Mansa, Valença, Miguel Pereira, Volta Redonda, Duas Barras, Paraty, Engenheiro Paulo de Frontin, Araruama e Petrópolis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *