Estado Islâmico teria planos de matar a duquesa de Cambridge, revela o Daily Mail

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 13 de janeiro de 2019 as 16:39, por: CdB

As supostas ameaças contra a duquesa de Cambridge foram enviadas pelo aplicativo de mensagens Telegram. Extremistas também compartilharam os locais de compras frequentados pela duquesa, além de fotos de Kate nestes locais.

 

Por Redação, com Sputniknews – de Londres

 

Kate, a Duquesa de Cambridge, é vista frequentemente em supermercados e mercearias. Aproveitando a brecha, simpatizantes do grupo extremista Estado Islâmico estariam planejando matar a mulher do príncipe William, envenenando a comida nos locais onde Kate costuma comprar, de acordo com o diário britânico Daily Mail.

A duquesa Kate foi fotografada por integrantes do Estado Islâmico no local onde, geralmente, faz compras
A duquesa Kate foi fotografada por integrantes do Estado Islâmico no local onde, geralmente, faz compras

As supostas ameaças contra a duquesa de Cambridge foram enviadas pelo aplicativo de mensagens Telegram. Extremistas também compartilharam os locais de compras frequentados pela duquesa, além de fotos de Kate nestes locais.

Em uma foto, a esposa do príncipe William é mostrada com um X vermelho em um carrinho de compras, com a legenda: “Sabemos o que ela come — envenenem!”. A Duquesa foi flagrada em várias ocasiões em compras de supermercado.

Ameaças adicionais foram feitas contra seu filho, o príncipe George, embora não seja a primeira vez que isso acontece. Ano passado, o veterano Husnain Rashid foi condenado a 25 anos de prisão por instar extremistas a atacarem o herdeiro ao trono na escola onde George estuda. Rashid também teria incentivado terroristas a injetar cianureto em frutas, vegetais e sorvetes em supermercados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *