Estados Unidos registram recorde diário de casos de coronavírus

Arquivado em: América do Norte, Manchete, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 4 de dezembro de 2020 as 10:20, por: CdB

Os Estados Unidos registraram recordes diários de novas infecções e mortes de covid-19 na quinta-feira, e o governador da Califórnia disse que imporá algumas das ordens de permanência em casa mais rígidas da nação nos próximos dias.

Por Redação, com Reuters – de Washington

Os Estados Unidos registraram recordes diários de novas infecções e mortes de covid-19 na quinta-feira, e o governador da Califórnia disse que imporá algumas das ordens de permanência em casa mais rígidas da nação nos próximos dias, uma vez que as unidades de tratamento intensivo devem atingir sua capacidade máxima.

Hugo Boserup, de 22 anos, é submetido a teste de covid-19 em Malibu, na Califórnia
Hugo Boserup, de 22 anos, é submetido a teste de covid-19 em Malibu, na Califórnia

Mais de 211.762 casos novos e 2.858 mortes foram confirmados até a noite de quinta-feira nos EUA, segundo uma contagem da agência inglesa de notícias Reuters. As hospitalizações passaram de 100 mil.

Califórnia

A rodada mais recente de restrições imposta à Califórnia, que vai mais longe do que a de qualquer outro Estado norte-americano, será acionada na base da região por região quando o espaço de leitos de UTI ficar em 15% da capacidade em qualquer uma de cinco áreas geográficas.

O governador, Gavin Newsom, disse que quatro das regiões, incluindo o sul da Califórnia, estão a caminho de atingir o limiar de 15% nesta semana, e a área da Baía de San Francisco deve seguir este caminho entre meados e o fim de dezembro.

As ordens de permanência em casa serão acionadas com 48 horas de antecedência e vigorarão durante ao menos três semanas. A Califórnia tem quase 40 milhões de habitantes e é o Estado mais populoso do país.

– Se não agirmos agora, nosso sistema hospitalar ficará sobrecarregado. Se não agirmos agora, continuaremos a ver a taxa de mortes subir – alertou Newsom em uma entrevista coletiva em sua casa, no subúrbio de Sacramento, transmitida ao vivo.