Etapa da Bélgica se torna a mais curta na história da F1

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado domingo, 29 de agosto de 2021 as 17:47, por: CdB

Com a suspensão da prova, Vestapen venceu e o segundo lugar ficou com George Russell, da Williams, que conquistou o primeiro pódio da carreira, enquanto que o atual campeão Lewis Hamilton, da Mercedes, garantiu a terceira posição.

Por Redação, com Ansa – de Spa-Francorchamps – Bélgica

O piloto Max Verstappen, da Red Bull, venceu o GP da Bélgica neste domingo, após a chuva forte que caiu no circuito de Spa-Francorchamps paralisar a prova por mais de três horas e a Fórmula 1 decidir interromper a disputa após duas largadas e quatro voltas completadas. A prova deste domingo tornou-se a mais curta já realizada, na história da Fórmula 1.

F1,spa-francorchamps
Todas as voltas da prova foram lideradas pelo carro de segurança, debaixo de forte chuva

Com a decisão, o segundo lugar ficou com George Russell, da Williams, que conquistou o primeiro pódio da carreira, enquanto que o atual campeão Lewis Hamilton, da Mercedes, garantiu a terceira posição.

Pontos corridos

Com a corrida incompleta, o valor da pontuação de todos os competidores foi computado pela metade. Os dois pilotos da Ferrari, Charles Leclerc e Carlos Sainz, ficaram em oitavo e décimo lugares, respectivamente.

“Pessoal, desculpe a vocês que estão aí esperando. Esta chuva não para. É perigoso demais para nós sairmos. Coloca todos em risco. A segurança tem que vir primeiro. Envio a vocês positividade e agradeço pela paciência”, postou Hamilton em um story no Instagram.

Agora, a 13ª etapa da temporada 2021 da F1 acontecerá no próximo domingo (5), no GP da Holanda. A prova no Circuito de Zandvoort será a segunda da rodada tripla que terminará com o GP da Itália. (ANSA)

Ordem de chegada, no GP da Bélgica:

1º) Max Verstappen (HOL/Red Bull);

2º) George Russell (GBR/Williams);

3º) Lewis Hamilton (GBR/Mercedes);

4º) Daniel Ricciardo (AUS/McLaren);

5º) Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin);

6º) Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri);

7º) Sergio Perez (MEX/Red Bull);

8º) Esteban Ocon (FRA/Alpine);

9º) Lando Norris (GBR/McLaren);

10º) Charles Leclerc (MON/Ferrari);

11º) Nicholas Latifi (CAN/Williams);

12º) Carlos Sainz (ESP/Ferrari);

13°) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes);

14º) Fernando Alonso (ESP/Alpine);

15º) Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo);

16º) Yuki Tsunoda (JAP/AlphaTauri);

17º) Mick Schumacher (ALE/Haas);

18º) Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo);

19º) Nikita Mazepin (RUS/Haas);

20°) Lance Stroll (CAN/Aston Martin).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code