EUA: agentes de segurança matam suspeito de atirar em marinheira

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 5 de abril de 2019 as 13:17, por: CdB

A vítima não identificada sofreu ferimentos que não oferecem risco de morte, disse Hood. Um representante do hospital se recusou a comentar o estado da paciente.

Por Redação, com Reuters – de Washington

Agentes de segurança de uma base aérea naval norte-americana no Estado da Virgínia mataram um membro da Marinha suspeito de atirar em uma mulher também integrante da corporação por uma disputa doméstica, informou a Marinha dos Estados Unidos.

Base aérea naval norte-americana de Oceana, na Virgínia, que foi alvo de incidente com tiros nesta sexta-feira

A base de Oceana, que é a principal para os caças da Marinha na Costa Leste dos EUA, foi colocada sob bloqueio logo após às 8h (horário de Brasília), depois de relatos sobre um atirador ativo. A medida foi suspensa antes das 9h.

– Confirmamos que o suspeito foi baleado e morto pos agentes de segurança da base aérea naval Oceana – disse Jeff Hood, um porta-voz da Marinha, acrescentando que a vítima do atirador foi transportada para o Hospital Geral de Virginia Beach.

A vítima não identificada sofreu ferimentos que não oferecem risco de morte, disse Hood. Um representante do hospital se recusou a comentar o estado da paciente.

– Há claramente algum tipo de relacionamento, mas não sei qual é – afirmou Hood. O incidente aparentemente foi resultado de uma briga domética, informou a Marinha.

A base onde ocorreu o incidente acomoda cerca de 10.500 militares ativos da Marinha, 10 mil familiares e 4,5 mil civis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *