EUA definem força de elite do Irã como organização terrorista

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 8 de abril de 2019 as 12:46, por: CdB

Críticos alertaram que a medida poderia submeter autoridades militares e de inteligência dos EUA a ações similares de governos hostis.

Por Redação, com Reuters – de Washington

Os Estados Unidos designaram a Guarda Revolucionária do Irã como uma organização terrorista estrangeira, disse o presidente Donald Trump nesta segunda-feira, marcando a primeira vez que os EUA rotulam formalmente uma força militar de outro país como um grupo terrorista.

Militares da Guarda Revolucionária do Irã durante exercícios no Golfo

Críticos alertaram que a medida poderia submeter autoridades militares e de inteligência dos EUA a ações similares de governos hostis. Os Estados Unidos já colocaram na lista de sanções dezenas de entidades e pessoas por associações à Guarda Revolucionária, mas não a organização como um todo.

Guarda Revolucionária

O Irã tomará medidas recíprocas contra os Estados Unidos se Washington designar a Guarda Revolucionária Iraniana (IRGC, na sigla em inglês) como terroristas, disse uma maioria de parlamentares iranianos no domingo, segundo a agência estatal de notícias IRNA.

É esperado que os EUA designem a Guarda Revolucionária como organização terrorista estrangeira, disseram três autoridades norte-americanas à Reuters, marcando a primeira vez em que Washington formalmente rotula o exército de outro país como grupo terrorista.

– Responderemos a qualquer ação tomada contra esta força com ação recíproca – afirmaram 255 dos 290 parlamentares iranianos em uma declaração, segundo a IRNA.

– Então os líderes da América, que são eles mesmos criadores e apoiadores de terroristas na região (do Oriente Médio), irão se arrepender dessa ação inapropriada e idiota.

A decisão dos Estados Unidos, que, segundo alertam críticos, pode expor autoridades do Exército e da inteligência norte-americana a ações similares de governos estrangeiros hostis, deve ser anunciada pelo Departamento de Estado talvez na segunda-feira, disseram autoridades dos EUA na semana passada. Há anos existem rumores sobre a medida.

O ministro das Relações Exteriores do Irã disse neste domingo que autoridades dos EUA que visam designar a Guarda Revolucionária como terrorista querem “arrastar os EUA para um pântano” em nome do premiê israelense, Benjamin Netanyahu.

– Apoiadores de Netanyahu que há muito tempo agitam a designação FTO (Organização Terrorista Estrangeira) da IRGC entendem complemente as consequências para forças dos EUA na região. Aliás, eles buscam arrastar os EUA para um pântano em nome dele – disse Mohammed Javad Zarif no Twitter. “@RealDonaldTrump deveria saber melhor do que ser ludibriado para outro desastre dos EUA.”

Israel e Irã são arqui-inimigos no Oriente Médio. Zarif aparentou estar insinuando que classificar a Guarda como terroristas os colocaria em conflito com forças norte-americanas na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *