Saída dos EUA de pacto de armas nucleares aumenta risco de guerra, diz Mikhail Gorbachev

Arquivado em: América do Norte, Europa, Manchete, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 26 de outubro de 2018 as 10:43, por: CdB

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que Washington planeja se retirar do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), que Gorbachev e Ronald Reagan assinaram em 1987.

Por Redação, com Reuters – de Moscou

Mikhail Gorbachev, o último líder soviético, criticou nesta sexta-feira a decisão dos Estados Unidos de se retirarem de um tratado de controle de armas que ajudou a encerrar a Guerra Fria, dizendo que a medida poderia desencadear uma nova corrida armamentista, aumentando o risco de um conflito nuclear.

Ex-líder soviético Mikhail Gorbachev durante evento em Moscou, na Rússia

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que Washington planeja se retirar do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), que Gorbachev e Ronald Reagan assinaram em 1987. O pacto eliminou todos os mísseis terrestres nucleares e convencionais de alcance curto e intermediário dos dois países na Europa.

Em coluna publicada no jornal New York Times, Gorbachev disse que a medida norte-americana é “uma ameaça terrível à paz” que ele espera ainda poder ser revertida por meio de negociações.

– Estão me perguntando se me sinto mal por ver o fim do que trabalhei tanto para alcançar. Mas esta não é uma questão pessoal. Há muito mais em jogo – escreveu. “Uma nova corrida armamentista foi anunciada”.

Washington citou uma suposta violação russa do tratado como razão para deixá-lo, uma acusação que Moscou nega. Por sua vez, a Rússia acusa os Estados Unidos de romper o pacto.

Nos anos 1980, a instalação de mísseis nucleares terrestres dos EUA no oeste europeu provocou grandes protestos. Agora, alguns aliados dos Estados Unidos temem que Washington instale uma nova geração de mísseis na Europa e que a Rússia faça o mesmo em seu encrave de Kaliningrado, voltando a transformar o continente em um potencial campo de batalha nuclear.

Se os EUA de fato saírem do tratado, Gorbachev disse esperar que os aliados de Washington se recusem a ser o que chamou de plataformas de lançamento para mísseis norte-americanos, que Trump falou em desenvolver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *